Por victor.abreu
Falcão posa com a camisa do Manchester UnitedDivulgação

Itália - Falcao García acertou sua ida, por empréstimo, para o Manchester United no último dia da janela de transferências europeia, na segunda-feira, e encerrou um ciclo no Monaco, seu ex-clube.

A saída fez com que os jornais franceses classificassem o colombiano como um 'mercenário', por conta do curto tempo que passou nos seus últimos clubes: dois anos no Porto, mais dois no Atlético de Madrid e um no Monaco.

Confira notícias e bastidores do Futebol Internacional

Mesmo indo para o futebol inglês, Falcao García conseguiu criar inimizades também na Itália. Segundo o site "SportMediaset", o Colombiano teria enviado um SMS para o Gerente Geral da Juventus, Giuseppe Marotta, um dos clubes interessados na sua contratação.

"Obrigado por tudo, talvez em breve...", dizia o torpedo enviado dois dias depois de assinar com o United, fato que teria desapontado o cartola.

Quem também ficou na bronca com o colombiano foi técnico da Juvenetus, Massimiliano Allegri.

"Falcao? Não vou dizer que estou desapontado", disse o treinador tentando não demonstrar insatifação pela falha no acordo.

Falcao subiu para o profissional no River Plate, em 2005. Quatro anos depois o Colombiano acertou sua ida para o Porto, onde ficou até 2011, quando fechou com o Atlético de Madrid. O interesse do Monaco surgiu em maio de 2013, com a camisa do time francês foram 19 jogos oficial e 11 gols.


Você pode gostar