Rivalidade entre Senna, Piquet e Prost será revivida na Fórmula E

Herdeiros das dinastias vão se encontrar em nova categoria

Por O Dia

Rio - Nova categoria do automobilismo mundial, a Fórmula E promoverá o reencontro de três dos maiores nomes da história da Fórmula 1. Senna, Piquet e Prost voltarão a dividir espaço na pista para brigar por posições e vitórias. Saem os gênios Ayrton, Nelson e Alain e entram os herdeiros das dinastias: Bruno, Nelsinho e Nicolas, que começarão uma nova rivalidade a partir deste sábado, às 5h (de Brasília), nas ruas de Pequim.

Bruno Senna empolgado com a oportunidade de correr na Fórmula EDivulgação

“Os nomes sempre ajudam e será até engraçado ver de novo brigando na pista um Senna, um Piquet e um Prost. Mas a competição não será apenas entre eles. Espero que possamos disputar na frente, por vitórias. Mesmo assim acredito que será diferente daquele tempo, o automobilismo é outro, as regras também. Claro que os ânimos ainda ficam exaltados numa disputa, mas espero que seja bem feito entre a gente”, afirmou Bruno Senna, da equipe indiana Mahindra.

Nelsinho Piquet já passou pela Fórmula 1Divulgação

Os três herdeiros não tiveram o mesmo sucesso dos pais Nelson e Alain ou do tio Ayrton na F-1. Bruno e Nelsinho chegaram a disputar temporadas, mas não obtiveram bons resultados. Já o máximo que Nicolas conseguiu foi testar uma Lotus. Agora, na Fórmula E, podem brigar por vitórias e reviver rivalidade tão marcante da década de 80.

“Será a primeira vez que vamos disputar uma corrida juntos. Nunca conversamos sobre isso, mas acredito que o assunto surgirá quando tivermos que bater roda a roda na pista. Ou vamos dar muita risada ou bater (risos)”, brincou Senna.

A Fórmula E foi criada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para promover o conceito de sustentabilidade - é uma categoria completamente diferente das atuais, a começar pelo motor elétrico que precisa de baterias. Serão 10 provas de rua entre setembro e junho de 2015 em cidades como Londres, Monte Carlo, Buenos Aires e Punta del Este.

O conceito diferente, visando ao futuro, chamou a atenção de diversos ex-pilotos da Fórmula 1 (11 ao todo, incluindo outro brasileiro, Lucas di Grassi) que se animaram a viver uma nova era.

“Estamos entrando no desconhecido, temos muito a aprender sobre o carro e tudo mais. Será uma aventura. A F-E tem proposta diferente e estamos animados de fazer parte de uma categoria revolucionária, que pode ser o futuro do automobilismo”, prevê Bruno Senna.

No pit stop, troca de carros e não de pneus

A Fórmula E tem semelhanças com a Fórmula 1 e aproveita a tecnologia. No carro produzido pela francesa Spark Racing Technology, com motor elétrico da Renault e chassis da Dallara, o sistema eletrônico é produzido pela McLaren e o de armazenamento de energia (baterias) é da Williams. Mas as diferenças são grandes, como os pneus da Michellin, que são aro 18, parecidos com os carros de rua, e o motor elétrico.

Nicolas Prost vai reviver a rivalidade com Senna e PiquetDivulgação

Como o objetivo é incentivar pesquisas e o desenvolvimento deste tipo de motor, além de fazer o público confiar mais nessa tecnologia, os organizadores só escolherem pistas de rua.

Uma das grandes curiosidades será o pit stop. Como os motores - que chegam a até 220 km/h e pesam apenas 27 kg - só têm autonomia de 25 minutos e as corridas duram 50, a entrada nos boxes será para trocar de carro e não de pneus.

“Para quem está acostumado a corrida com troca de pilotos, como a Le Mans, não parece tão estranho. Mesmo assim é complicado. Os carros da F-E não são feitos para entrar rápido, há muita chance de dar besteira, tem que tomar cuidado”, avisa Bruno Senna.

Em seus carros%2C Fórmula E promove o conceito de sustentabilidadeDivulgação

Os duelos

Prost x Piquet

Disputaram diretamente dois títulos (83 e 86), com uma vitória para cada um.

Senna x Piquet

Estiveram juntos em oito temporadas. As brigas na pista foram bonitas, mas do lado de fora tornaram-se inimigos com ataques mútuos.

Senna x Prost

Talvez a maior rivalidade da F-1. Disputaram títulos em 88, 89, 90 e 93. Brigaram dentro e fora da pista.

Últimas de Esporte