Por rodrigo.hang

Portugal - Fernando Santos assumiu o comando da seleção portuguesa nesta quarta-feira e participou de sua primeira coletiva imprensa. O novo treinador não escondeu a felicidade em poder ser o treinador da equipe nacional do seu país e revelou seu patriotismo.

Fernando Santos assumiu o comando da seleção portuguesaDivulgação

"Este é um momento de enorme satisfação, de grande felicidade pessoal e profissional. Servir o meu país é algo muito importante. Aqui defendemos um país, uma bandeira e um hino e, nesse sentido, a responsabilidade é maior. Estou em total sintonia com o projeto traçado pela Federação. Todos juntos levaremos o futebol português a bom porto", comentou.

O português sabe que o trabalho será árduo. Paulo Bento, seu antecessor, foi demitido após derrota de 1 a 0 para a Albânia, em casa, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016, que será na França. Fernando Santos, no entanto, garantiu que vai classificar a equipe para o principal torneio de seleções do Velho Continente. 

Mourinho nega convite, mas descarta deixar o Chelsea para treinar Portugal

"Há um objetivo concreto e que me foi colocado de uma forma também concreta: queremos estar na França, e em 2016 lá estaremos para dar um enorme alegria a todos os portugueses", garantiu.

Fernando Santos foi técnico da seleção da Grécia na Copa do Mundo. Ele foi o grande responsável por levar a equipe até as oitavas de final do Mundial, quando foi eliminado pela Costa Rica nos pênaltis. No time grego, o treinador mesclou o time com jogadores jovens e experientes. É assim que pretende trabalhar no comando de Portugal.

"Não gosto da palavra renovação. Há, sim, capacidade e talento. Vamos estar muito atentos ao percurso da formação, mas para mim tanto faz que um jogador tenha 17 ou 35 anos, o que conta é o seu valor", finalizou.

Você pode gostar