Flamengo perde o primeiro jogo da final do Mundial de Basquete

Vacilo do Rubro-Negro no fim do último quarto fez o Maccabi Tel Aviv vencer o duelo por 69 a 66

Por O Dia

Rio - A frente durante quase toda a partida, o Flamengo vacilou no fim do último quarto e perdeu para o Maccabi Tel-Aviv por 69 a 66, no primeiro jogo do Mundial de Clubes de Basquete. Com a derrota, o Fla precisa vencer por pelo menos quatro pontos de diferença no próximo domingo, às 12h, na HSBC Arena, para ficar com o título da competição.

A equipe rubro-negra pecou e forçou muito a bola de três pontos onde teve um péssimo aproveitamento (quatro acertos em 31 tentativas), o que comprometeu a atuação do time no jogo. O trio Benite, Olivinha e o estreante da noite, Derrick Caracter, que vieram do banco, foram peças fundamentais para ajudar o Fla a se manter próximo no jogo com 31 pontos e 22 rebotes juntos.

Pelo clube da Gávea, Olivinha terminou como cestinha da partida com 13 pontos, além de 7 rebotes (6 ofensivos). Em seu primeiro jogo com a camisa rubro-negra, o norte-americano Caracter teve atuação espetacular com 10 pontos e 11 rebotes, terminando com um duplo-duplo. Pelo lado israelense, o armador Jeremy Pargo foi decisivo para vitória com 21 pontos, cinco rebotes e duas assistências.

Flamengo perdeu para o Maccabi Tel Aviv por 69 a 66Uanderson Fernandes

O JOGO

O início de jogo foi de muitos erros para cada lado. O Flamengo optou por forçar com as bolas de três (foram sete arremessos e somente um acerto) mas sem sucesso. Marcelinho fez os dois primeiros pontos da partida em lances livres. O Maccabi e o Fla ainda tentavam se estudar no início de jogo e cada um buscava encaixar seu jogo. Após dois bons ataques o Rubro-Negro conseguiu abrir uma vantagem de 11 a 7 sobre o rival, mas a entrada do armador Ohayon mudou o jeito de jogar do Maccabi e o time cresceu em quadra.

Comandados pelo camisa 12, a equipe israelense virou o jogo para 14 a 11. Então Neto promoveu a estreia do pivô norte-americano Derrick Caracter que ajudou o Fla a fechar o primeiro quarto na frente com um parcial de 15 a 14 depois de uma bandeja de Laprovittola.

O segundo quarto começou com o Flamengo melhorando a marcação e passando a dificultar o ataque israelense. Em duas cestas de Olivinha e Benite, a equipe carioca logo abriu cinco pontos de vantagem na parcial de 19 a 14. Com um time mais leve com a entrada dos dois jogadores, o Fla passou a dominar as ações da partidas. O estreante da noite, o pivô Caracter (com seis pontos e e quatro rebotes), comandava o ataque e a defesa e o Rubro-Negro conseguiu abrir uma vantagem de de oito pontos: 31 a 23.

Porém nos últimos dois minutos, Neto mexeu na equipe e o time desandou. O Maccabi cresceu e em três ataque seguidos encostou no placar: 33 a 29. O quinteto em quadra para o Fla passou a abusar dos erros nos ataques e na defesa não conseguia pressionar o time israelense, mas com uma cesta de Benite, a equipe reencontrou o rumo no quarto e fechou o primeiro tempo de partida em vantagem: 35 a 30.

No início do terceiro quarto o Flamengo começou acertando o que mais errou no primeiro tempo: a bola de três. Em um arremesso certeiro, Marquinhos iniciou bem a segunda parte do jogo, mas o Maccabi logo encontrou seu jogo e cortou a vantagem do Fla para apenas dois pontos: 40 a 38. A partida ficou equilibrada para os dois lados e a equipe rubro-negra foi mantendo sua vantagem que varia entre um e dois pontos.

Apesar de o jogo interno funcionar bem, os cariocas continuaram forçando a bola de três que insistia em não cair. Já no final do quarto, em duas bolas seguidas em baixo da cesta com Olivinha e Herrmann o Fla foi para o último quarto em vantagem: 51 a 46.

O time israelense começou melhor a última parte da partida e com duas cestas seguidas, empatou o jogo pela primeira vez desde o primeiro quarto. O Fla continuou em vantagem e administrando o resultado mas o americano Pargo, do Maccabi, estava inspirado e colocou duas bolas de três seguidas para manter os israelenses no jogo. A dupla vinda do banco formada por Olivinha e Caracter comandava as ações dentro do garrafão tanto no ataque quanto na defesa e mantinha a diferença a favor do Fla.

Com um jogo forte de transição e com muita infiltração, comandado por uma atuação espetacular de Pargo, o Maccabi finalmente passou a frente do Flamengo faltando um minuto para o fim do jogo: 67 a 64. A vantagem para o time de Israel afetou a equipe carioca, que após estar por quase todo o jogo na frente, sofreu a virada no fim. Faltando nove segundos para o fim, Marcelinho forçou uma bola de três tentando empatar a partida mas errou. Porém, o pivô Meyinse catou o rebote e com uma cravada espetacular, manteve o Fla vivo no jogo. No último arremesso da partida, Pargo quase desequilibrado derrubou a bola e aumentou a vantagem do Maccabi para o segundo jogo no domingo.

Colaborou: Edsel Britto

Últimas de Esporte