Por rodrigo.hang

França - Com dores no calcanhar esquerdo, o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic desfalcará o Paris Saint-Germain nesta terça-feira na partida contra o Barcelona, pela segunda rodada do grupo F da Liga dos Campeões. Referência no setor ofensivo do time francês, o goleador era dúvida para a partida, mas foi submetido a exames médicos na manhã desta segunda-feira e "não apresentou resultados satisfatórios", de acordo com comunicado emitido pelo site do clube.

Maior estrela do time de Paris, Ibrahimovic não vai para o confronto com seu ex-clube BarcelonaEfe

Por causa do problema físico, Ibrahimovic já havia ficado de fora das duas últimas partidas do Campeonato Francês, contra Caen e Toulouse. Para o lugar do sueco, o técnico Laurent Blanc deverá manter o uruguaio Edinson Cavani como centrovante, e escalar o argentino Javier Pastore e Lucas pelos lados do campo. Outro atacante da equipe, o também argentino Ezequiel Lavezzi, está fora também por lesão.

David Luiz revela origem da cabeleira: 'Fazia frio quando assinei com o Benfica'

Em coletiva de imprensa, o treinador explicou que Ibrahimovic sente "muita dor" e que o clube terá que suprir a ausência da grande estrela com "jogo coletivo".

"Tinha começado a me preparar a partida já sabendo que havia grandes possibilidades de que Ibra não estivesse disponível", declarou Blanc.

Douglas também fica de fora

O lateral-direito Douglas foi cortado nesta segunda-feira da lista de relacionados pelo técnico Luis Enrique, do Barcelona, para o jogo com o Paris Saint-Germain. De acordo com informações divulgadas pelo departamento médico 'blaugrana', o jogador sofreu uma lesão no pé esquerdo, durante o treino realizado neste domingo.

Sem o brasileiro, que sequer viajará para a capital francesa, Martín Montoya foi incluído na lista de atletas disponíveis. Douglas estreou com a camisa do Barcelona na semana passada, em jogo com o Málaga pelo Campeonato Espanhol. Se atuasse contra o PSG, seria a primeira participação do ex-são-paulino na principal competição de clubes da Europa.


Você pode gostar