Por edsel.britto

Rio - A situação de Robinho pode ficar complicada após a expulsão no jogo contra o Botafogo. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva, do Pará, relatou na súmula os xingamentos proferidos pelo atacante do Santos após ser punido com o cartão vermelho. Segundo o juiz, o camisa 7 colocou o dedo em seu rosto e reclamou de forma acintosa.

"Expulsei aos 39 minutos do segundo tempo em decorrência do segundo cartão amarelo, o atleta de nº7 o sr. Robson de Souza, da equipe do Santos, por simular uma falta. Após ter sido expulso o referido atleta veio em minha direção apontando o dedo ao meu rosto e proferindo as seguintes palavras: "p... tu tá de sacanagem, seu maluco", e em seguida me puxou pelo ombro e continuou reclamando", relatou.

Robinho foi expulso após levar o segundo amarelo por simulação e reclamação com o árbitroErnesto Carriço

Na saída de campo, Robinho continuou reclamando da atuação do árbitro e disparou: "Juiz péssimo", afirmou. Na coletiva após o jogo, o camisa 7 admitiu que xingou Dewson Freitas e disse que a decisão do árbitro foi injusta: "Depois eu xinguei ele de tudo quanto é nome. Foi totalmente injusto. Se colocarem a imagem vão ver que a falta foi no Walyson e ele me deu o amarelo", completou.

Por coincidência, Robinho já desfalcaria o Santos no segundo jogo porque estará servindo a seleção brasileira; O atacante foi o principal destaque do jogo ao marcar dois gols na vitória do Peixe por 3 a 2 sobre o Botafogo, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A equipe paulista agora precisa de um empate no próximo dia 16, em casa, para garantir a classificação.

Você pode gostar