Por rodrigo.hang
América-MG escapou de uma punição maior na Série B graças ao advogado e vice-presidente de futebol do Fluminense, Mário BittencourtDivulgação

Minas Gerais - O América-MG conseguiu sair da lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B nesta quinta-feira. O Coelho foi julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que diminuiu a pena de 21 pontos para seis pontos por causa da escalação irregular do lateral-esquerdo Eduardo. O advogado que defendeu o clube, Mário Bittencourt (vice de futebol do Fluminense), é o mesmo que salvou o Tricolor no julgamento que rebaixou a Portuguesa no Brasileirão de 2013. Assim, a equipe mineira subiu para a 10ª posição, com 34 pontos, recuperando 15. 

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

"Foi um resultado que a gente esperava um pouco melhor, absolvição, mas dentro dos 21 pontos que tínhamos perdido, reduzir de 21 para seis coloca o América de volta no campeonato, na briga por um G-4, e exclui a chance de rebaixamento, que com a perda de 21 pontos era iminente", comentou Bittencourt à rádio Itatiaia.

Apesar da "conquista" nos tribunais, a multa do América-MG se manteve. O Coelho terá que pagar R$ 20 mil à CBF. Na próxima rodada da Série B o Coelho enfrenta o Atlético-GO, em casa. Se vencer, vai encostar no G-4.

O América-MG foi punido devido à escalação de Eduardo. O lateral já havia jogado duas competições nacionais por outros dois clubes, algo que infringe o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Você pode gostar