Dwyane Wade esquece atrações da Cidade Maravilhosa e foca nos treinos

Na primeira atividade do Miami Heat no Rio, armador deixou de lado o clima amistoso e demonstrou seriedade nas atividades

Por O Dia

Rio - Apesar de todo o clima amistoso que cerca o duelo entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers, a equipe da Flórida demonstrou no treino desta quinta-feira que não veio ao Brasil a passeio. Dwyane Wade, Chris Bosh e companhia mostraram total foco e seriedade nos últimos 20 minutos abertos à imprensa das atividades no ginásio do Flamengo, na Gávea.

O principal exemplo da seriedade da franquia da Flórida era Wade. Concentrado e focado no treino, o ala-armador passou orientações aos companheiros e auxiliou os mais jovens durante as atividades. Após o fim do treino, ele se preocupou primeiro com os dois joelhos, que atormentaram o jogador nas últimas temporadas, antes de falar com a imprensa. Questionado sobre o duelo com LeBron e sobre as atrações que a Cidade Maravilhosa oferece, o astro foi direto.

Na primeira atividade do Heat no Rio%2C Wade demonstrou seriedade durante o treinamentoAlexandre Loureiro / Inovafoto / Divulgação

"Estamos focados nessa temporada e é assim que tem de ser. E mostramos isso nos treinos. O Brasil é maravilhoso, mas não vou ter essa experiência nas praias. Sei que são bonitas, mas estou aqui para os treinos, para o jogo e para trabalhar em equipe para a temporada. Praias eu tenho também em Miami e não agora", afirmou.

Após dois títulos e quatro finais ao lado de LeBron James, Wade não quis muito assunto quando perguntando sobre como será o confronto contra o ex-companheiro: "Acho isso normal. Antes dele vir, joguei vários anos contra ele, depois jogamos quatro anos juntos e agora voltaremos a jogar um contra o outro. Não vejo qualquer problema nisso e cada um vai defender seu time de agora em diante", disse.

O técnico Erik Spoelstra orientou e incentivou seus jogadores durante todas as atividadesAlexandre Loureiro / Inovafoto / Divulgação

O técnico Erik Spoelstra foi outro membro do Miami que demonstrou a seriedade durante os treinos. Sempre falante e passando orientações, o treinador revelou que está ansioso para temporada e feliz com a partida no Rio de Janeiro.

"Estamos na pré-temporada, estou trabalhando nas rotações, na troca de atletas, e estou animado com este time, com essa equipe, novas caras, e acredito que teremos boas oportunidades nessa temporada e temos dois jogadores muito experientes como Wade e Bosh que vão ajudar os garotos e crescer como time. E também estou muito empolgado com o Rio, adorei a cidade, o mar, as montanhas", declarou.

Chris Andersen estava com cara de poucos amigos durante o treino do Miami HeatAlexandre Loureiro / Inovafoto / Divulgação

Apesar da disponibilidade e da seriedade dos jogadores, Chris Andersen era um dos membros do Miami que destoavam. Visivelmente irritado, o ala-pivô chegou a arremessar uma cadeira contra a parede na parte final da atividade após não receber a bola. Depois do acontecimento, Spoelstra preferiu encerrar o treino. Na hora de falar com a imprensa, o tatuado jogador continuou mostrando seu mau humor e foi seco ao ser perguntado sobre suas tatuagens: "Tenho apenas uma. O que espero no Rio é um jogo com casa cheia e o público se divertindo", concluiu.

Reportagem Edsel Britto

Últimas de Esporte