Antes do Superclássico das Américas, Neymar elogia Messi: 'É o melhor'

Brasileiro encheu a bola do craque argentino durante entrevista coletiva nesta sexta-feira, na China

Por O Dia

China - Os holofotes no Superclássico das Américas estarão voltados para Neymar e Messi, os dois principais craques das duas equipes. Nesta sexta-feira, o brasileiro concedeu entrevista coletiva e encheu de elogios o argentino, seu companheiro de Barcelona. No entanto, o atacante ressaltou que prefere tê-lo ao seu lado do que como adversário.

Neymar concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feiraDivulgação

"Jogar ao lado dele é uma grande honra, ele é o melhor do mundo, um craque. Jogar contra não é muito agradável, mas espero que eu possa me sair melhor. Temos de torcer para ele não estar num dia bom e não botar o pé na bola. Sério, falei que temos de tomar cuidado porque é preciso estarmos sempre em alerta com um grande jogador, não podemos deixá-lo pensar nem driblar. Bom, ele não pode fazer nada, né? Aí a gente ganha o jogo" afirmou Neymar, que, sorrindo, falou das brincadeiras, provocações e entrosamento com Messi:

"Nós brincamos, falamos que vamos ganhar um do outro, muito pela amizade que temos, a brincadeira de todos os dias. Falo que ele pode fazer dois ou três gols, mas que o Brasil vença. Tudo me impressiona no Messi pelo que ele faz em campo. As assistências, as jogadas, os gols. Na minha opinião, ele é o melhor do mundo. Estamos nos entendendo e nos entrosando cada vez mais. Até agora estamos dando conta, espero que possamos crescer para ajudar o Barcelona", completou.

Brrasil e Argentina se enfrentarão nesta sábado, na China, às 9h05 (horário de Brasília). Este será o terceiro jogo de Dunga no comando da Seleção. Para Neymar, a partida será equilibrada e os dois times possuem chances de vitória.

"É difícil falar porque eles jogam juntos há um bom tempo e nossa equipe está se reformulando. Mas somos o Brasil, eles são a Argentina, são duas grandes seleções e esperamos dar nosso melhor para vencer. Não sei se eles estão à nossa frente, mas, se estiverem, espero surpreender a todos", afirmou.

Últimas de Esporte