Por bernardo.argento

Cingapura - Na primeira vez que esteve no comando da seleção brasileira, Dunga ficou marcado pela má relação com os jornalistas. No seu retorno à equipe, o técnico prometeu mudar e vinha cumprindo o "acordo". No entanto, nesta segunda-feira, ele se desentendeu com o repórter Tino Marcos e o narrador Galvão Bueno, ambos da Rede Globo. O motivo foi o gesto do treinador para membros da comissão técnica da Argentina, pelo Superclássico das Américas.

Dunga foi flagrado passando a mão no nariz e gritando "tu é igualzinho, né?" para o massagista Marcelo D'Andrea. O ato foi interpretado por muitos como uma insunuação sobre o uso de drogas de Diego Maradona, maior ídolo argentino.

Dunga fez gesto de alusão ao uso de cocaínaReprodução Vídeo

Depois da vitória do Brasil por 2 a 0 sobre os hermanos, o técnico fez críticas ao massagista e não deu maiores explicações sobre o gesto. Por conta disso, nesta segunda-feira, em Cingapura, o repórter Tino Marcos resolveu questioná-lo sobre o caso: "Seu comportamento fora de campo foi normal? Ou a insinuação de que o pessoal da Argentina usou drogas, você se arrepende?".

O técnico da seleção brasileira não gostou de ser indagado e respondeu rispidamente: "Isso quem está falando é você. Como tinha muita poluição, tinha o nariz sempre trancado. Quem está falando que usou droga é você", disse. A confusão ficou maior quando a tradutora errou, afirmando que o questionamento era sobre uma acusação de Dunga contra os atletas da Argentina.

Nesse momento, o narrador Galvão Bueno entrou em cena para defender seu colega de emissora, garantindo que o repórter não havia citado os jogadores. Tino Marcos também se defendeu e repetiu a pergunta, mas o debate prosseguiu: "Não foi isso que você falou. Você falou sobre jogadores. Eu nunca me referi a jogadores", criticou Dunga.

O Brasil está em Cingapura para o amistoso diante do Japão, nesta terça-feira, no Estádio Nacional, às 7h45 (de Brasília). Dunga deve usar o mesmo time que venceu o Superclássico das Américas.

Você pode gostar