Por edsel.britto

São Paulo - Responsável por revelar nomes como Helinho, Hélio Rubens, Guerrinha, Murilo Becker e Anderson Varejão, além de ser uma das grandes referências do basquete no Brasil, a equipe de Franca pode fechar as portas em breve. 

Sem patrocínio master há alguns meses, após a saída de uma empresa de telefônia, a equipe do interior paulista está à beira da falência e convocou por meio de suas redes sociais a torcida e a população da cidade para que apoie o time neste momento difícil.

Responsável por revelar Anderson Varejão, a equipe de Franca pode fechar as portas em breveDivulgação

"Estamos vivendo um momento decisivo na história do Franca Basquete. Chegamos à hora do popular ‘agora ou nunca'. E, para que o maior e mais tradicional clube de basquete do país não encerre suas atividades, precisamos da FORÇA DO POVO, precisamos do APOIO DA APAIXONADA TORCIDA FRANCANA. Por isso, a NOVA DIRETORIA do clube gostaria de CONVOCÁ-LOS para uma REUNIÃO DE EMERGÊNCIA, na qual tentaremos encontrar, JUNTOS, alternativas para que o Franca Basquete ganhe um sopro de vida, um novo fôlego e uma esperança de sobrevivência", informa o comunidado

O principal objetivo da diretoria com a postagem é mobilizar a torcida para que lote o ginásio Pedrocão, com capacidade para 4 mil pessoas, todos os jogos do NBB para elevar a renda da equipe. Além disso, a campanha também visa aumentar o número de sócio-torcedores do clube, que custa de R$ 240 a R$ 840 por anos. O Franca tem cerca de 600 sócios, enquanto a cidade possui cerca de 400 mil habitantes.

Na atual edição do NBB, Franca venceu os dois jogos que fez até aqui. O time foi vice-campeão em 2011, ganhou 11 títulos paulistas e 6 taças dos campeões sul-americanas.

Você pode gostar