Previsões do Esporte: Escrito nas estrelas

Ano de 2015 promete para clubes cariocas e para as outras modalidades

Por O Dia

Rio - Sob a proteção dos orixás Ogum e Exu, a regência astrológica do planeta Marte e a simbólica Puer, da geomancia, 2015 promete fortes emoções para o esporte brasileiro. Um ano de disputas movidas a muita paixão, perfeito para aflorar ainda mais o espírito guerreiro em cada atleta. Para tentar revelar o caminho do esporte brasileiro no novo ano, o Ataque consultou três especialistas. Algumas previsões são animadoras: o surfista Gabriel Medina brilha, o Botafogo se redime, o Fluminense chega forte no Brasileiro, mas Flamengo e Vasco terão ano difícil, assim como a Seleção, que não convence na Copa América. Confira a mensagem dos oráculos.

VASCO: ANO DE AJUSTES

A geomancia prevê ano difícil, de ajustes cármicos, prejudicando o resultado em campo. As cartas do tarô também apontam muitas brigas internas. No Carioca, o Vasco até começa bem, mas cai de produção. Na Copa do Brasil, faz boa campanha e chega entre os quatro primeiros, mas não leva, segundo o tarô. No Brasileiro, a campanha é sofrível, mas não cai. A volta de Eurico Miranda resgata a confiança de parte da torcida e abre novos horizontes. Mas o presidente sofrerá forte oposição. Confusão e denúncias perseguem o dirigente, que pode fazer grande contratação no segundo semestre.

Doriva é a aposta do Vasco para 2015Bruno de Lima


A REDENÇÃO DO BOTAFOGO

Dois mil e quinze será o ano da virada alvinegra. Apesar do cenário assustador, de terra arrasada, a Estrela Solitária terá a energia renovada e vai surpreender, segundo os oráculos. Nem mesmo o time jovem e o entra e sai de jogadores impedem de forma categórica a volta do Glorioso à Série A. No Carioca, o time pode surpreender, mas na Copa do Brasil não decola. O novo presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira, está sob a proteção de Xangô, orixá da justiça. E, apesar das grandes adversidades financeiras, vai comandar o clube na direção certa.

Carlos Eduardo Pereira terá missão de trazer Alvinegro de volta para a eliteAndré Mourão

FLAMENGO- ALTOS E BAIXOS

O ano de 2015 será de muitas restrições financeiras e instabilidade nos bastidores, segundo as previsões. Dentro de campo, o time tem boas chances de conquistar o Carioca e de chegar às finais da Copa do Brasil, segundo a geomancia. Já no Campeonato Brasileiro, a falta de recursos atrapalha o rendimento da equipe, que não engrena. Segundo os búzios, o Mengão só volta a brilhar em 2017, devido a problemas internos. “Há muito cacique para pouco índio”, de acordo com as conchas.

Luxemburgo vai planejar o Flamengo para 2015Márcio Mercante

FLU: ANO AFORTUNADO

Apesar da falta de recursos e de muitos problemas com a Justiça, o Fluminense tem boas chances de conquistar o Campeonato Carioca e o Brasileiro. Segundo os búzios, golpes de sorte e a ajuda involuntária da arbitragem podem favorecer o Tricolor em momentos decisivos. Já na Copa do Brasil, o desempenho é bem abaixo do esperado e o time não emplaca.

Pareceria entre Fluminense e Unimed se acabouMárcio Moraes / Agência O Dia

SELEÇÃO NA COPA AMÉRICA

Na primeira competição após o vexame na Copa do Mundo, a seleção brasileira não vai empolgar na Copa América. Os oráculos apontam a ausência de criatividade, brilho e controle. O tarô diz que faltará força e, se a Seleção conseguir chegar à final, será de forma arrastada. Os búzios revelam que é possível ir à final, mas o time não empolga e dificilmente vencerá. E a geomancia afirma que, caso a Seleção vença o torneio, será por pura sorte.

DUNGA FORA DA COPA

O ano de 2015 trará muito desgate para o técnico da seleção brasileira. Problemas pessoais e situações nebulosas podem tirar parte do foco, atrapalhando o seu trabalho dentro de campo. Mesmo assim, segundo os oráculos, Dunga permanece firme no comando da Seleção até 2016, quando se afasta definitivamente devido a graves problemas particulares.

Dunga terá Eliminatórias e Copa América em 2015Carlos Moraes

O PEGADOR NEYMAR

As previsões apontam que o atacante do Barcelona vai se destacar mais pela sua performance com as mulheres do que com a bola nos pés. Segundo os búzios, o craque da Seleção está muito mais voltado para a vida pessoal e pode até se casar. Já a geomancia revela que o jogador vai aparecer mais na mídia na função de empresário e venderá muita grife. Desfocado, não vai brilhar tanto dentro de campo.

BRASIL NA LIBERTADORES

Sob a proteção de Ogum, o Corinthians tem boas chances de conquistar a Libertadores. Quem garante são os búzios que apostam que o time vencedor será alvinegro. Mas não será o Atlético-MG, segundo o tarô e a geomancia. Este ano, o time mineiro não decola. Mas o Cruzeiro vai dar trabalho e pode ser um dos finalistas, assim como o Internacional, que chega forte e com chances de conquistar a América.

VÔLEI FEMININO ROUBA A CENA

Este ano será muito bom para o vôlei feminino, que dará muitas alegrias à torcida. Novos nomes roubam a cena e podem brilhar por um ciclo de sete anos, garantem os búzios. No masculino, o ano não será tão positivo devido a problemas médicos e ao excesso de centralização e desorganização. Faltando um ano paraa Olimpíada, os oráculos apontam grande correria para a finalização das obras, que vão deixar muito a desejar.

FELIPES NA F-1

As previsões são positivas para o piloto Felipe Massa. Mas ele só vai se firmar ao longo da temporada e deverá ficar pelo menos entre os sete primeiros. Sua autoconfiança poderá fazer toda a diferença nos momentos de solidão. Já o novato Felipe Nasr terá muita dificuldade na
Sauber. Os oráculos preveem problemas com o carro e pequenos acidentes dificultarão a sua performance.

Felipe Massa vai continuar na WilliansReuters

GABRIEL MEDINA: ONDA DE CONQUISTAS

Gabriel Medina dará muitas alegrias à torcida brasileira no ano novo. Segundo o tarô, o surfista é um predestinado, que dificilmente será destronado no mar. Os búzios apontam que ele poderá repetir a dose no Mundial, desde que mantenha a simplicidade e não deixe o sucesso subir à cabeça, mas pede para tomar cuidado com acidentes. Já a geomancia prevê sucesso, mas com conquistas de menor expressão.

Últimas de Esporte