Johan Cruyff discorda do resultado nas últimas edições do Bola de Ouro da Fifa

Lenda holandesa não achou correta as vitórias de Cristiano Ronaldo, em 2015 e 2014

Por O Dia

Cruyff acredita que o resultado da última Copa do Mundo deveria ter mais peso na escolhaReuters

Espanha - O holandês Johan Cruyff classificou como "incompreensível" nesta segunda-feira, em sua coluna no jornal "De Telegraaf", a eleição do português Cristiano Ronaldo como melhor jogador do mundo nas duas últimas edições do prêmio Bola de Ouro.

LEIA MAIS: Zidane diz que Cristiano Ronaldo receberá Bola de Ouro mais vezes

O principal argumento do antigo craque de Ajax e Barcelona é que CR7 não fez um bom papel na Copa do Mundo, disputada em 2014, e não conquistou nenhum título no ano anterior.

"Não levo a sério essa eleição da Fifa", escreveu.

Segundo Cruyff, para se conceder estes prêmios individuais, "os títulos conquistados pela equipe" deveriam ser levados em conta também.

Por isso, para o holandês, jogadores que mostraram "futebol excelentes e que conquistaram títulos", como os do Bayern de Munique e da seleção alemã, deveriam levar a melhor.

O holandês lamentou, por exemplo, que o meia Toni Kroos, ex-Bayern de Munique e atualmente no Real Madrid, não tenha sido levado em conta nos últimos dois anos, ficando fora inclusive das finais do prêmio: "Foi invisível".

Últimas de Esporte