Briga entre Cavani e Ibrahimovic pode forçar PSG a vender uma das estrelas

Saída pode ajudar o clube francês na renovação do seu elenco

Por O Dia

França - O clima entre as duas grandes estrelas do Paris Saint-Germain, o uruguaio Edinson Cavani e o sueco Zlatan Ibrahimovic, está tão ruim que um deles deverá deixar a equipe da capital francesa na próxima temporada, revelou nesta quarta-feira o jornal "L'Équipe".

LEIA MAIS: Magnata chinês paga 45 mi de euros por 20% das ações do Atlético

Ibrahimovic é o principal nome do PSGEfe

A notícia foi manchete do principal diário esportivo francês hoje, que na reportagem destaca a possibilidade de uma troca entre o PSG e o Manchester United. E o escolhido para sair é Cavani, que pode ser substituído pelo colombiano Falcao Garcia.

Cavani e Ibrahimovic só seguirão atuando juntos até o final da atual temporada porque os dirigentes do PSG não querem discutir no momento a saída do uruguaio, que foi comprado junto ao Napoli há dois anos por 64 milhões de euros. "Mas (eles) sabem que o elenco precisa de um ar fresco, novas caras", afirma o "L'Équipe", que garante que a relação entre os dois atacantes nunca foi boa.

No entanto, o clima teria se deteriorado ainda mais nesta temporada, no qual cada um marcou oito gols no Campeonato Francês. O primeiro sinal de desentendimento veio de Cavani.

Em entrevista, ele exigiu do técnico Laurent Blanc uma mudança no esquema tático. Queria jogar como referência do ataque, posição de Ibrahimovic, onde teria melhor desempenho do que nos lados do campo.

Ibrahimovic, com contrato até junho de 2016, não gostou das declarações de Cavani, um jogador com reputação de tímido e que se fica à margem do grupo com passagens pela Itália no elenco, formado, entre outros, pelo próprio sueco, Thiago Silva e Marco Verratti.

A situação piorou quando Cavani, com vínculo até 2018, chegou atrasado após as férias de Natal, não comparecendo às atividades realizadas pela equipe em Marrakech. Ele e o argentino Ezequiel Lavezzi, outro que prolongou o descanso natalino, não teriam se desculpado com os companheiros até a última sexta-feira.

"Ibrahimovic escutou o discurso dos dois jogadores antes de sair para treinar, quase impávido", afirma o "L'Équipe", que já revelou em outras oportunidades os desentendimentos entre as estrelas do PSG.

Cavani cobrou do técnico Laurent Blanc uma mudança no esquema táticoReuters

O jornal francês também considera que a estrutura montada pelo brasileiro Leonardo, diretor esportivo do clube desde que a Catar Sport Investment assumiu o controle do PSG em 2011, está defasada.

Criticam principalmente o envelhecimento dos principais atletas: Thiago Silva (30 anos), Thiago Motta (32 anos) e o próprio Ibra (33 anos). Dentro de uma possível renovação, vista como inevitável pelo "L'Équipe", alguns jogadores interessariam ao clube, entre eles o francês Paul Pogba (Juventus), o argentino Ángel Di María (Manchester United), o alemão Marco Reus (Borussia Dortmund) e o belga Kevin De Bruyne (Wolfsburg).

Últimas de Esporte