Spider cai no antidoping: técnico de Diaz pede mudança do resultado da luta

Cesar Gracie vê favorecimento do Spider no duelo do último sábado e minimiza doping por maconha de Nick Diaz: 'Não aumenta a performance dentro do octógno'

Por O Dia

Estados Unidos - A notícia caiu como uma bomba no UFC: o lutador brasileiro Anderson Silva foi flagrado no exame antidoping, realizado em 9 de janeiro, por uso de anabolizante antes de vencer o norte-americano Nick Diaz por decisão unânime dos juízes e pode ser severamente punido - a substância é a Drostanolona. Cesar Gracie, técnico de Diaz, já se pronunciou pedindo que o resultado do combate seja revisto e que a vitória seja retirada do brasileiro.

Anderson Silva e Nick Diaz foram flagrados no exame antidopingReprodução Vídeo

"É necessário que o resultado seja mudado, porque ele usou drogas que o favoreceram na luta. Anderson Silva está com a idade mais avançada, mas se você precisa de anabolizante para lutar, então você não deve lutar", comentou ao site TMZ.

LEIA MAIS: Lutadores lamentam e criticam doping de Anderson Silva e Nick Diaz

Entretanto, Nick Diaz também foi flagrado no doping por uso de maconha, mas Gracie relevou e defendeu seu atleta.

LEIA MAIS: Anderson Silva é flagrado em exame antidoping por uso de anabolizante

"Qualquer um que tenha um pouco de cérebro sabe que maconha não aumenta a performance dentro do octógno", disse o treinador.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

Tanto Anderson Silva quanto Nick Diaz ainda podem pedir a contraprova do exame, mas ambos serão julgados pela Comissão Atlética de Nevada, no Estados Unidos, no dia 17 de fevereiro.

Últimas de Esporte