Por victor.abreu
Anderson Silva testou positivo para duas substâncias dopantesDivulgação

Estados Unidos - A Comissão Atlética de Nevada, órgão responsável por gerir e regulamentar os eventos esportivos na cidade de Las Vegas, irá cancelar o resultado da luta entre Anderson Silva e Nick Diaz. A revelação foi feita ao jornal 'Folha de S.Paulo' que ouviu Bob Bennett, diretor-executivo da entidade. A decisão oficial sairá no dia 17.

Sonnen dá conselho a Anderson Silva após caso de doping: 'Se fez, admita'

"Sim, será alterado para 'sem resultado'", disse Bennett ao jornal.

Bennett também revelou que parte dos R$ 2 milhões, recebidos pelo Spider na sua bolsa de pagamento, seria retirado pelo UFC.

Anderson Silva testou positivo para duas substâncias: drostanolona (que além de anabolizante, ajuda atletas que querem permanecer em uma determinada categoria de peso) e androsterona (hormônio esteroide similar à da estrona).

O exame que deu positivo para os elementos dopantes foi feito no dia 9 de janeiro, 22 dias antes do seu combate em Las Vegas.

O brasileiro venceu Nick Diaz na decisão dos juízes depois de cinco rounds. O adversário também foi pego no doping por uso de maconha.

Você pode gostar