França renova contrato de Didier Deschamps até Copa do Mundo de 2018

Novo acordo também prevê um aumento salarial para o técnico

Por O Dia

França - O presidente da Federação Francesa de Futebol, Noel Le Graet, confirmou nesta quinta-feira que o contrato do técnico Didier Deschamps, que se encerraria após a Eurocopa da França de 2016, foi renovado até a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

LEIA: Técnico de Portugal se une a Figo na defesa de CR7 após festa polêmica

Deschamps fica no comando da França até 2018Efe

"Era indispensável manter a estabilidade. Deschamps permanece no cargo até a Copa do Mundo", afirmou o dirigente, acrescentando que o treinador tem a confiança do futebol do país e revelando também o desejo "mútuo" de prolongar o vínculo.

Recentemente, em entrevista ao jornal esportivo "L'Équipe", Deschamps já tinha mostrado a vontade de permanecer no comando da seleção francesa, ao afirmar que estava "muito feliz" no cargo.

"Esta vida me convém e mantenho uma excelente relação com o presidente (Le Graet)", disse na época o treinador, cujo o salário, até então de 100 mil euros mensais (cerca de R$ 325 mil), será aumentado, segundo informou a federação, sem detalhar o novo valor.

É a segunda renovação do contrato de Deschamps. Em novembro de 2013, ele teve o vínculo estendido após levar a França à Copa do Mundo de 2014, no Brasil, quando venceu a Ucrânia por 3 a 0 na repescagem das eliminatórias.

O trabalho no Mundial também agradou. Os franceses se classificaram como primeiros do grupo E, passaram pela Nigéria nas oitavas de final, mas acabaram eliminados pela Alemanha, campeã mais tarde, nas quartas, em um jogo muito disputado no Maracanã.

Deschamps terá a missão de vencer a próxima Eurocopa, que será sediada pela França. Desde sua chegada, ele conseguiu fazer uma renovação da equipe, dando espaço para jovens como Paul Pogba, da Juventus, Antonie Griezmann, do Atlético de Madrid, e Raphael Varane, do Real Madrid.

Uma das lendas do futebol do país e capitão da seleção que venceu a Copa de 1998 sobre o Brasil e a Eurocopa de 2000, Deschamps, de 46 anos, assumiu o cargo em julho de 2012, substituindo o atual treinador do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc.

Antes, no comando do Olympique de Marselha, conquistou seis títulos em três anos, entre eles o Campeonato Francês de 2010.

Últimas de Esporte