Por victor.abreu

Filipinas - O combate entre Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao, que acontece no próximo dia 2 de maio em Las Vegas, está gerando tanta expectativa que o próprio boxeador filipino está tendo dificuldades para encontrar entradas para a luta, informou nesta sexta-feira a imprensa das Filipinas.

LEIA MAIS: Antes de defender cinturão, Ronda Rousey troca farpas com ring girl

Pacquiao vs. Mayweather é uma das lutas mais esperadas do mundo do boxeReprodução Instragram

Pacquiao garantiu que não tem nenhum controle sobre os ingressos de cortesia que são distribuídos antes dos combates aos parentes e amigos de cada boxeador, ao contrário de ocasiões anteriores, já que a promotora de Mayweather é quem se ocupa exclusivamente de sua distribuição.

"Inclusive, as entradas de cortesia que distribuía antes já não existem mais. Ainda estou tentando encontrar entradas", afirmou Pacquiao em entrevista no canal de televisão filipino "GMA 7".

As entradas mais baratas para a luta, considerada como um das mais esperadas da história, custam US$ 1.000, mas seu valor no mercado de revenda pode chegar a US$ 4.175. A luta vai acontecer no MGM Grand de Las Vegas, que tem capacidade para 16.800 pessoas, e é esperada a lotação máxima.

Está previsto que a luta seja a mais rentável da história, já que poderia arrecadar até US$ 40 milhões com a venda de entradas. O recorde atual é de US$ 20 milhões para o combate entre Mayweather Jr. e o mexicano Saúl 'Canelo' Álvarez, que se enfrentaram em setembro de 2013.

"Money" Mayweather (47 vitórias, 26 por nocaute) aceitou o duelo com "Pacman" Pacquiao (57 vitórias - 38 por nocaute -, 5 derrotas e 2 empates) após sete anos de negociações, incluídas duas tentativas fracassadas de se realizar o combate, que culminaram com um acordo pelo qual os dois pugilistas se submeterão a exames antidoping ao estilo olímpico.

Você pode gostar