Campeão em 2014, Hamilton espera melhores resultados nesta temporada

Britânico se sente mais preparado para próximo campeonato

Por O Dia

Austrália - O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, disse que se sente "fresco, em forma, relaxado e preparado" para disputar o Grande Prêmio da Austrália, em Melbourne, com a meta de "ser melhor que no ano passado", quando foi campeão mundial da Fórmula 1 pela segunda vez. "Me sinto fresco, em forma, relaxado, positivo. Me sinto preparado.

LEIA MAIS: Notícias, treinos e provas: confira o mundo da Fórmula 1

Hamilton venceu o Mundial de Pilotos em 2014Reuters

Como piloto, acho que cada temporada é mais difícil e eu tenho a intenção de ser melhor que no ano passado", disse o piloto, em declarações divulgadas pela escuderia. Após um Mundial brilhante, no qual a Mercedes também levou o título de construtores, Hamilton mostrou seu desejo "repetir" o feito, mas alertou que "os outros não vão deixar de lutar".

"Tenho certeza que o campeonato será muito igualado e que haverá uma emocionante luta por cada posição. Isso será fantástico porque é o que eu gosto e também é o que os torcedores querem ver. Há muitos bons pilotos e todos querem ganhar, então você tem que querer mais do que eles", disse.

Um dos maiores rivais de Hamilton pelo título ao longo da temporada será, presumivelmente, Nico Rosberg, seu próprio companheiro de equipe. "Sei que meu companheiro de equipe é apenas um dos muitos rivais que terei que vencer se eu quiser ser o campeão do mundo", disse o inglês.

Vencedor de cinco Grandes Prêmios no ano passado (Austrália, Mônaco, Áustria, Alemanha e Brasil), Nico Rosberg afirmou que entrará "mais forte para a revanche com Lewis".

"Essa é uma grande motivação e é isso que me dá uma maior determinação para 2015", afirmou o alemão. Ambos os pilotos agradeceram o trabalho realizado pelos mecânicos e engenheiros durante o inverno e confirmaram o otimismo que alimenta as esperanças da Mercedes para a primeira prova da temporada.

"Nesse ponto não dá para saber muito bem o que um piloto sente. Você fica impaciente para voltar às corridas, mas, ao mesmo tempo, desconhece o que vai acontecer durante a temporada", concluiu Hamilton.