Por fabio.klotz

Goiânia - A corrida de duplas fez tanto sucesso em 2014 que a Stock Car repetiu a dose para a abertura da temporada 2015, neste domingo às 10h30, em Goiânia. Cheia de convidados de renome e 14 pilotos com passagem pela Fórmula 1, como o campeão mundial de 1997, Jacques Villeneuve, a corrida terá outra atração especial: um Senna e um Prost na mesma equipe.

Antes da Stock Car%2C Bruno Senna e Nicolas Prost dividiram a pista na Fórmula EMiguel Costa JR / MF2

Passaram-se 25 anos desde que o tio, Ayrton Senna, e o pai, Alain Prost, correram juntos na McLaren, e, agora, Bruno e Nicolas são os convidados da Prati-Donaduzi para se juntarem a Antonio Pizzonia e Júlio Campos, os titulares da Stock. Os dois já se encontram na pista pela Fórmula E, mas a possibilidade de juntar os dois sobrenomes no mesmo box foi a jogada de marketing que a equipe apostou para chamar a atenção do mundo. E conseguiu.

“Não esperávamos que ele (Nicolas) aceitaria, mas o Bruno deu uma ajuda. Sabíamos que daria visibilidade, mas foi nível mundial e nos surpreendeu. Foi fantástico! Agora temos que colher os frutos com os patrocinadores para a temporada”, afirmou o diretor-técnico da equipe, Juan Carlos "Mico" Lopez, que não esconde a opção pelo marketing.

“Equipes com grandes patrocinadores priorizam o campeonato. Nós pensamos no retorno publicitário.”

Em sua primeira experiência na Stock, Nicolas Prost descartou a rivalidade que existia entre seu pai e Ayrton Senna.

“Sou amigo do Bruno.”

Você pode gostar