Com capitães de 98, França e Brasil se reencontram em Saint-Denis

Dunga e Didier Deschamps são os comandantes das equipes que se enfrentam no amistoso da próxima quinta-feira

Por O Dia

França - França e Brasil jogam nesta quinta-feira às 17h (horário de Brasília), em amistoso marcado por lembranças da decisão da Copa do Mundo de 1998, em que os técnicos Didier Deschamps e Dunga estavam em campo no gramado do Stade de France, palco deste novo encontro.

Dunga foi o capitão da Seleção Brasileira em 1998Carlos Moraes

Esta não será a primeira vez que as duas seleções se enfrentarão depois da final. Desde o apito final do árbitro marroquino Said Belqola, 17 anos atrás, foram cinco duelos, com três vitórias dos 'Bleus', uma dos pentacampeões mundiais, além de um empate.

O último jogo, no entanto, teve vitória expressiva verde e amarela, por 3 a 0, em amistoso disputado em 9 de junho de 2013. Na reta final de preparação para a Copa das Confederações, Oscar, Hernanes e Lucas Moura balançaram as redes na Arena do Grêmio. Dos três, apenas o meia do Chelsea estará em campo.

Para a seleção brasileira, o jogo desta quinta-feira é o primeiro de quatro antes da disputa da Copa América. A convocação para encarar França e também o Chile, neste domingo, em Londres, será a única antes da divulgação da lista dos relacionados para a competição continental.

Visando encontrar a equipe e a formação ideal, Dunga, capitão do time de Zagallo em 1998, apresentará como principal novidade Roberto Firmino como titular, pelo menos de acordo com a equipe que treinou nesta terça-feira. O meia-atacante do Hoffenheim ganha a vaga do lesionado Diego Tardelli, que acabou cortado.

Na defesa, pela primeira vez o Brasil contará com Thiago Silva e Miranda formando dupla de zaga, isso porque David Luiz também foi desconvocado, por problemas físicos. Titular absoluto, Neymar deverá ter mais liberdade ao jogar com um homem menos fixo no ataque. Ao chegar a França, o camisa 10 mostrou empolgação com o duelo.

"Gosto de jogar partidas assim. Duas grandes seleções, estádio lotado, na casa do adversário. Vai ser um jogão", disse o jogador do Barcelona, que evitou fazer comparações com o duelo de 17 anos atrás no Stade de France.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

A seleção 'bleu', quadrifinalista da última edição da Copa do Mundo - assim como o Brasil, caiu diante da Alemanha -, se prepara para sediar a Eurocopa daqui pouco mais de um ano. Até por isso, a equipe só vem disputando amistosos, sem impressionar a torcida.

Nos dois últimos compromissos que teve, a equipe de Didier Deschamps empatou com a Albânia em 1 a 1, e venceu a Suécia por magro 1 a 0, em jogos realizados em Rennes e Marselha, respectivamente.

Para o duelo com os brasileiros, o treinador da seleção ainda perdeu o meia Paul Pogba, da Juventus, que está lesionado. O goleiro Hugo Lloris, do Tottenham, capitão francês, também ficará de fora. Steve Mandanda será titular na meta, e Morgan Schneiderlin no meio.

A maior responsabilidade de balançar as redes será mais uma vez de Karim Benzema, autor do gol na última vitória francesa sobre os pentacampeões, em 9 de de fevereiro de 2011. Também no Stade de France, os anfitriões venceram a equipe comandada por Mano Menezes por 1 a 0.

Prováveis escalações:

França: Mandanda; Sagna, Varane, Sakho e Evra; Sissoko, Schneiderlin e Matuidi; Valbuena, Benzema e Griezmann. Técnico: Didier Deschamps.

Brasil: Jefferson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar e Willian; Neymar e Roberto Firmino. Técnico: Dunga.

Árbitro: Nicolas Rizzoli (Itália).

Estádio: Stade de France, em Saint-Denis (França).

Últimas de Esporte