Por victor.abreu

Egito - Uma emissora de TV do Egito, 'Nil Sports', revelou que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, deve seguir com o revezamento de continentes que serão sedes da Copa do Mundo. Em 2018, a Rússia receberá o evento, quatro anos depois é a vez do Qatar, no Oriente Médio (Ásia). Para 2026, segundo o canal, o desejo do dirigente é que o torneio retorne à África.

No mês que vem, a Fifa realizará suas eleições presidenciais. Dependendo do resultado, os planos de levar o Mundial para um país africano pode ir por água abaixo, já que é um desejo que faz parte das "políticas" de Blatter. Luís Figo (ex-jogador português), Michael Van Praag (presidente da Federação holandesa) e Ali Bin Al-Hussein (príncipe da Jordânia) estão na disputa com dirigente suíço no pleito.

Copa na África depende da reeleição de BlatterReuters


Você pode gostar