Por pedro.logato

Rio - A exatos 15 dias da festa, o 1º Encontro de Pesca em Caiaque do Rio de Janeiro pelos 450 anos da cidade, no dia 2 de maio — com concentração prevista para a Praia de Botafogo — já se aproxima da marca limite de 100 inscrições. Se você ainda não fez a sua, não perca tempo e garanta logo a vaga. O evento terá um tom oficial, com distribuição de medalhas e troféus e organização da Federação de Pesca do Rio (Fepelerj) e Confederação Brasileira (Nova Pesca Brasil). Mas também será uma ótima oportunidade para unir as vários tribos de caiaqueiros do Rio em um só time. Também terá cunho social. A renda do dinheiro das inscrições será revertida a uma entidade que cuida de idosos e todos os peixes fisgados serão doados a Ong que assiste carentes. Então, no dia 2 de maio, quem ama esse esporte tem encontro marcado na Praia de Botafogo. Venha abraçar a cidade e os amigos e jogar esta grande rede de solidariedade.

Equipe Piratas da Guanabara confirmou presença no encontro Reprodução Internet

COMO SE INSCREVER POR E-MAIL E NA LOJA

As provas serão nas enseadas das Praias de Botafogo, Urca e Vermelha. Haverá duas modalidades: caiaques simples e duplo. Participarão atletas de clubes e pescadores avulsos. A taxa para simples é de R$ 80 e R$ 120, duplo. Para se inscrever por e-mail, basta enviar nome completo, endereço, CEP e CPF para: <CF54>[email protected] As inscrições também podem ser feitas no Shopping Avenida (Av. Brasil, 40.014, tel
2413-7650).

CHERNE GIGANTE DE 150 KG É PEGO EM ARRAIAL DO CABO

João Gabriel é pescador artesanalReprodução Internet

Olha o chernão fisgado no último sábado em Arraial do Cabo. O bitelo, da espécie queimado, pesava 150 km. O autor da façanha é João Gabriel, pescador artesanal, que virou celebridade no jornal local, a ‘Folha dos Lagos’. Abaixo, mais sortudos que concorrem ao superkit do mês:

Leonnan Costa%3A corvina%2C na isca de camarão%2C em ItacuruçáReprodução Internet
Thiago%3A graçainha%2C na isca artificial%2C em ItacuruçáReprodução Internet
Anselmo Suhett%3A lírio%2C isca de lula%2C em pesca oceânicaReprodução Internet
Leonardo%3A robalo-flecha%2C na isca artificial%2C Angra dos ReisReprodução Internet
Lucielmo%3A pescada-amarela%2C isca artificial%2C na MarambaiaReprodução Internet
Rúbia e Orlando Marques%3A dublê de chernes%2C na isca de bonitoReprodução Internet

DICAS DE PEIXES

Mestre Canarinho:

(99953-8100), para pesca embracada. As iscas são sardinha, camarão e lula: Quebra Mar da Barra — corvinota, papa-terra, xerelete e pescadinha; Cagarras — parguinho, pescadinha, corvina e papaterra; Gragoatá/Boa Viagem — papa- terra, corvina e guaibira ; Ilhas Pai e Mãe — pescadinha, corvina, espada e goete.

Carlinhos Piraúna:

Para pesca desembarcada: Pracinha Niemeyer — xerelete e marimbá, espada (noite); Praia de Ipanema — riscadinho e papa-terra (noite); Arpoador — xerelete, espada (noite); Praia de Copacabana — riscadinho e papa-terra (noite); Leme— corvina e espada (noite), xerelete,carapicu, xinxarros (dia); Praia Vermelha — anchoveta; Pista Claudio Coutinho — marimbá, espada (noite); Murinho da Urca — xerelete (dia) corvinota (dia e noite).

Gilberto Ohoishi:

(22-99839-6442)para pesca embarcada: em Arraial do Cabo, na Praia Grande — pargo, olho-de-cão, xerelete, cavalinha e corvina; Ponta do Focinho — maria-mole, goete, lanceta e tira-e-vira; Largo da Ilha — pargo, pitangola, olho-de-cão, xerelete e cavalinha; Ponta da Prainha — maria-mole, goete, michole e xerelete; em Cabo Frio na Ilha dos Papagaios — olho-de-cão e pargos; Ilha Comprida — pargo, olho-de-cão e xerelete.

Você pode gostar