Djokovic confirma melhor momento, bate Nadal e vai à final em Monte Carlo

Sérvio venceu por 2 sets a 0, com um duplo 6-3, em 1h37

Por O Dia

França - O número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, impôs sua força diante do espanhol Rafael Nadal, que faz temporada tecnicamente abaixo do esperado, venceu o quinto colocado do ranking da ATP e se classificou para a final do Masters 1000 de Monte Carlo.

O Monte Carlo Country Club contemplou um dos principais duelos do circuito nos últimos anos, e que não acontecia desde a final de Roland Garros no ano passado, em que Nadal conquistou o eneacampeonato.

Djokovic superou Rafael Nadal, em Monte CarloReuters

Desta vez, porém, quem entrou em quadra como favorito e confirmou o status foi 'Djoko', levando a melhor por 2 sets a 0, com um duplo 6-3, em 1h37min. O sérvio aproveitou quatro dos dez break points que teve, enquanto o terceiro cabeça de chave obteve apenas uma quebra nas três chances que teve.

Enquanto o 'Nole' vem "voando" desde o ano passado, Nadal demonstrou evolução ao longo do ano, mas ainda está longe da forma que o levou ao topo do ranking e, entre outras conquistas, a 15 títulos de Grand Slam.

Essa diferença não apareceu em um primeiro momento, e o canhoto de Manacor abriu 2-0 no começo da partida. No entanto, Djokovic devolveu a quebra logo em seguida e conseguiu outra no oitavo game, antes de fechar o primeiro set em 6-3.

A segunda parcial foi equilibrada até o empate em 3-3. A partir daí, porém, o número 1 do mundo foi soberano e venceu os três games restantes, dois deles no serviço do adversário.

Foi a 20ª vitória de Djokovic sobre Nadal, que, no entanto, ainda mantém a vantagem no confronto direto, com 23 triunfos. No saibro, o 'Nole' derrotou o 'Toro Miúra' pela quinta vez.

Na busca pelo segundo título em Monte Carlo, o sérvio, campeão em 2013, enfrentará na final deste domingo o tcheco Tomas Berdych, que na primeira semifinal bateu o francês Gael Monfils por 2 a 0, com parciais de 6-1 e 6-4.

Últimas de Esporte