Anderson Silva diz que vai participar da seletiva de Taekwondo para Olimpíadas

Ex-campeão dos médios do UFC é faixa-preta da modalidade

Por O Dia

Rio - Anderson Silva decidiu. O Spider anunciou, nesta quarta-feira, que irá participar das seletivas do taekwondo dos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrem em janeiro. O lutador deu uma entrevista coletiva na sede da Confederação Brasileira de Taekwondo, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

"Quero comunicar a todos que o Anderson Silva fará parte do corpo seleto do taekwondo brasileiro para as seletivas que serão logo anunciadas para que sejam selecionados os melhores que representarão nosso pais", disse o presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo, Carlos Fernandes.

Anderson Silva posou ao lado das crianças na coletiva desta quarta-feiraRafael Paiva / Agência O Dia

"Sabemos da performance do nosso campeão e da potencialidade dele. Entendo que Anderson Silva é ícone, referência, e o taekwondo faz parte das artes marciais, onde ele começou. Uma honra nosso esporte estar recebendo um atleta desse porte. O direito que ele tem de participar, os outros atletas também terão seus direitos garantidos", completou.

Estiveram presentes na coletiva de imprensa: Carlos Fernandes (presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo), Alexandre Lima (diretor técnico da entidade da CBTKD), Valdemir Medeiros (superintendente da CBTKD) e Marcello Magalhães (empresário de AS). Anderson Silva mostrou animação ao falar da chance em disputar uma Olimpíada.

"Eu estou tentando devolver para o esporte o que ele me deu. Eu comecei no taekwondo. O takewondo mudou minha história. Já estou treinando, nunca parei de treinar. Voltei a treinar agora. Existe essa possibilidade. Sempre foi uma coisa que sempre quis fazer. Mas não havia possibilidade, muitos compromissos ativos no UFC. Agora estou tendo essa oportunidade", disse o Spider.

Suspenso temporariamente no MMA por uso de esteroides, Anderson Silva, caso seja julgado culpado em maio, poderá ser suspenso por até dois anos. Como a Comissão Atlética de Nevada não segue as regulamentações da Agência Mundial Antidoping, responsável pelos esportes olímpicos, o lutador está livre para disputar uma vaga nos Jogos-2016.

Últimas de Esporte