Assassino sueco revela vontade de matar Ibrahimovic em sua biografia

Peter Mangs está preso desde 2013 e afirma que as atitudes do jogador eram abusivas e despertavam sua ira

Por O Dia

Suécia - Entre 2009 e 2010, Peter Mangs assassinou duas pessoas, além de ter tentado atingir outras oito. Por conta dos crimes, o sueco está preso desde 2013, mas voltou a chamar atenção recentemente, com declarações em sua biografia. O assassino revelou que por diversas vezes quis matar Zlatan Ibrahimovic.

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

"Pensei que faria muito alarde na imprensa se tivesse atirado contra Ibrahimovic. Muitas vezes já pensei em atirar de maneira incontrolável contra grupos de pessoas, mas depois pensava que era uma coisa muito brutal de se fazer", diz em um trecho do livro.

Mangs afirmou que o comportamento do jogador era abusivo, e que constantemente via o carro do atleta parado em locais proibidos. Segundo o criminoso, as atitudes de Ibra despertavam sua ira, pois os outros cidadãos não tinham as mesmas regalias que ele.

Assassino sueco afirma que teve vontade de matar IbrahimovicReuters


Últimas de Esporte