Guardiola despreza rótulo de melhor técnico do mundo e valoriza jogadores

Comandante do Bayern diz que conquistas são devido aos atletas com quem trabalha, e garante permanência no clube

Por O Dia

Alemanha - Pep Guardiola deixou o Barcelona e passou a comandar o Bayern de Munique desde 2013. Foi justamente no reencontro com seu antigo clube, que o time comandado pelo espanhol perdeu a primeira partida da semifinal da Liga dos Campeões por 3 a 0, na última quarta-feira. Considerado o melhor técnico do mundo desde o seu trabalho no Barça, o treinador desprezou o rótulo e valorizou os jogadores com quem trabalha.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

"Com licença, mas ser o melhor técnico do mundo é uma m... Já disse isso mil vezes. Eu ganho porque tenho os melhores jogadores. Estou contente com a minha relação com os jogadores, sou feliz. Foi um sonho acertar com o Bayern. Se não nos classificarmos, nada vai acontecer. Sou o melhor por ter conquistado tudo? Ganhei por ter superjogadores", afirmou.

A partida decisiva entre o Bayern e o time catalão será realizada na próxima terça-feira, na Allianz Arena, às 15h45. Mesmo se os alemães não se classificarem, Guardiola garantiu sua permanência no clube na próxima temporada.

"Eu já repeti isso 200 mil vezes. Tenho contrato por mais um ano com o Bayern e vou cumprir. Estarei aqui na próxima temporada", concluiu.

Guardiola elogiou os jogadores com quem trabalhaReuters


Últimas de Esporte