Não teve tempestade nesta quinta-feira: brasileiros são eliminados do Rio Pro

Três surfistas entraram na água durante a manhã e não alcançaram a classificação para a terceira fase da competição

Por O Dia

Rio - O mar não estava para brasileiro. Três representantes do Brasil entraram na água na manhã desta quinta-feira, e nenhum deles saiu com a vitória. As disputas valeram pela segunda fase da etapa do Rio, a repescagem, do Campeonato Mundial de Surfe.

LEIA MAIS: Surfista brasileiro Raoni Monteiro é suspenso por 20 meses por doping

O primeiro a encarar as ondas foi David do Carmo, contra o australiano Mick Fanning. O brasileiro foi convidado da etapa, e não conseguiu repetir o feito do último ano, quando bateu o tricampeão mundial. David foi eliminado por 16.63, contra 7.94.

Alex Ribeiro, campeão da etapa de Saquarema do WQS, Divisão de Acesso, sentiu o gostinho da vitória e da classificação para a terceira fase durante a maior parte de sua bateria. Na última onda, o havaiano John John Florence alcançou a virada, e chegou a 14.84 pontos, contra apenas 10.83 do brasileiro.

Já Alejo Muniz entrou na água para disputar a vitória na repescagem com o australiano Taj Burrow. Assim como os outros compatriotas, deixou a competição, ao fazer 10.20 pontos, enquanto seu adversário somou 10.74.

A última esperança do dia para o Brasil estava em Miguel Pupo, que entrou na água na décima bateria do dia, mas acabou sendo derrotado para o australiano Adam Melling. Com isso, o último brasileiro na repescagem dá adeus ao Rio Pro 2015. 

Alex Ribeiro foi convidado para participar do Rio Pro após vencer a etapa de Saquarema do WQSDivulgação


Últimas de Esporte