Jogador argentino morre após passar mal e ser atendido dentro de campo

O zagueiro Cristian Gómez, de apenas 27 anos, defendia o Atlético Paraná, da Série B da Argentina, sofreu morte súbita

Por O Dia

Argentina - Em menos de um mês, o futebol argentino perdeu dois jogadores. O zagueiro Cristian Gómez, de 27 anos, passou mal em campo, foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu no caminho, no último domingo. Por causa do ocorrido, a partida entre Atlético Paraná, time que Cristian defendia, e Boca Unidos, válido pela Série B, foi adiado. Os jogos seguintes, da primeira divisão do campeonato, também foram suspensos.

"Chegou sem vida. Os médicos nos disseram que não puderam reanimá-lo. É algo inesperado. Não dá para acreditar. O jogador começou a tropeçar, caiu para trás e se descompensou. Ninguém entendeu nada, porque ele nunca teve algo parecido", disse o delegado da Associação de Futebol Argentina (AFA) na partida, Ramón Gómez, ao 'Olé'.

No último dia 14, Emanuel Ortega, de apenas 21 anos, morreu no hospital após sofrer traumatismo craniano ao bater a cabeça em um muro à beira do gramado. O jogador defendia o San Martín de Burzaco, da quinta divisão.

"Em outro domingo triste, a Associação de Futebol Argentino manifesta sua profunda dor pelo falecimento do jogador Cristian Gómez, por ocasião da partida entre Boca Unidos e Atlético Paraná, equipe em que atuava. Esta associação se põe à disposição de seus familiares e amigos", divulgou a AFA, em comunicado oficial.


Últimas de Esporte