Raikkonen diz que F-1 precisa ser mais perigosa para recuperar popularidade

Finlandês é um dos pilotos que estão na bronca com a forma de disputa da categoria e com o desapego do público da F-1

Por O Dia

Itália - O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, disse nesta sexta-feira que a Fórmula 1 precisa se tornar uma competição com mais emoção, e por isso, precisa de uma dose maior de risco para recuperar a popularidade perdida.

LEIA MAIS: Notícias, treinos e provas: confira o mundo da Fórmula 1

"Algo tem que ser feito, para tornar tudo mais excitante para as pessoas assistirem, para apreciarem a velocidade, além de tornar as coisas mais perigosas. É parte do jogo. Não queremos ver ninguém ferido, mas faria as coisas mais emocionantes", disse o "Homem de Gelo", em entrevista ao ex-piloto francês Jean Alesi, no "Canal +".

Para Raikkonen, que estreou na Fórmula 1 em 2001, guiando a Sauber, disse que a categoria era melhor para competidores e espectadores na época, e ainda cobrou que os carros sejam mais velozes, ao contrário do que as mudanças de regras recentes provocaram.

Finlandês pediu mais equilíbrio na F-1Divulgação


Últimas de Esporte