CBF desiste de recurso e acata punição a Neymar, que está fora da Copa América

Atacante da seleção brasileira foi punido por quatro partidas e não joga mais a competição

Por O Dia

Rio - Algumas horas depois da vitória da seleção brasileira diante da Venezuela por 2 a 1, resultado que classificou o time de Dunga para as quartas de final da Copa América contra o Paraguai, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que não vai recorrer da punição de quatro jogos imposta a Neymar.

Neymar está fora da Copa América Efe


Em reunião realizada na noite deste domingo entre o próprio jogador e a comissão técnica, ficou decidido que a entidade acatará a decisão da Conmebol e que, consequentemente, tira o principal jogador da equipe da competição.

No comunicado, a CBF diz que "a comissão técnica e o jogador esperam que o mesmo rigor com que a Commebol puniu Neymar seja adotado em todas as competições organizadas pela entidade".

Neymar, que acompanhou o duelo diante dos venezuelanos nas tribunas do estádio em Santiago, deixa o Chile nesta segunda-feira para iniciar suas férias. No final do jogo contra a Colômbia, na segunda rodada, o atleta deu uma cabeçada em Murillo e foi expulso pelo árbitro após o apito final, sendo punido posteriormente pela Conmebol.

Leia mais 

Neymar é suspenso por quatro partidas

Ídolo colombiano chama Neymar de 'mentira' e o manda para Hollywood

Substituto de Neymar como capitão, Miranda diz que união foi decisiva

Brasil vence a Venezuela por 2 a 1, fica em primeiro e avança na Copa América

Últimas de Esporte