Por fabio.klotz

Rio - Três dias após a eliminação na Copa América para o Paraguai, o técnico Dunga e o coordenador de Seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, se reuniram nesta terça-feira, na sede da entidade, com o presidente Marco Polo Del Nero. Em duas horas, foi apresentado um relatório sobre o torneio no Chile. Gilmar evitou críticas, mas admitiu que a atual geração preciso amadurecer.

Gilmar Rinaldi confia na atual geração da seleção brasileiraErnesto Carriço

“Eles estão amadurecendo. Passaram por uma situação diferente. É importante todo esse abatimento”, frisou Gilmar.

Para ele, a Copa América servirá como aprendizado: “A geração é essa que está aí. Estamos procurando jogadores com condições para servir à seleção brasileira, mas a geração é essa e vamos trabalhar. Ela vai ter que amadurecer e aprender a resolver os problemas.”

No dia 22, ele e Dunga viajam para a Rússia para o sorteio das Eliminatórias. “Toda vez que você está trabalhando, tem que melhorar. Senão, não há sentido. É preciso buscar sempre novas soluções, novas alternativas. Lógico que não ficamos contentes com o resultado da Copa América, mas quando ganhamos 11 partidas também sabíamos que não estava tudo certo”, disse Gilmar.

Neymar em Santos

Suspenso na Copa América, Neymar colocou, nesta terça-feira, os pés na Calçada da Fama do Museu Pelé, em Santos. Ele negou que questões judiciais envolvendo a transferência para o Barcelona tenham atrapalhado o seu desempenho:

“Nada me atrapalhou, vocês viram como foi minha temporada no Barcelona. Tem uma pessoa que resolve isso (questões extracampo), que é meu pai. Espero resolver o quanto antes para que vocês parem de perguntar.”

Você pode gostar