O que pode e o que não pode na pesca

Coluna ajuda o leitor a saber as regras da lei federal

Por O Dia

Rio - Para a nossa pesca ficar legal, a coluna começa a apontar as principais regras da lei federal para amadores. Se você não as cumpre por falta de conhecimento ou de fiscalização, é bom começar a observá-las daqui para frente. Do contrário, os peixes de hoje podem faltar às próximas gerações e a nossa brincadeira de fim de semana simplesmente acabar.

DO RIO PARA O MUNDO

Não é fraco, não. Agora é a vera. Primeiro evento criado e promovido pela coluna, o Encontro Brasileiro de Pesca em Caiaque do Rio de Janeiro passa a integrar o calendário oficial da pesca esportiva nacional. No ano que vem, megaevento terá organização e chancela da Confederação Brasileira de Pesca e Desportos Subaquáticos (CBPD).

Pescadores amadores são proibidos de usar tarrafasReprodução Internet

E MAIS...

O encontro de caiaques, que este ano teve número de competidores restrito a cem, em 2016 não será limitado. Com apoio da CBPD, a participação de atletas de outros estados também estará garantida, além de os campeões por categoria poderem se classificar para provas internacionais.

TROFÉU DE VOLTA

Quem quiser participar de uma competição oficial de pesca, a chance é essa. No dia 19 deste mês, vai rolar a prova ‘Amigos do Barracuda’, no Paredão da Urca. De quebra, entre as taças em disputa, estará o troféu ‘Iscas e Anzóis’. A taxa de inscrição é de apenas R$ 15 e podem ser feitas pelo tel.: (21) 2221-2110.

COTAS

Cada pescador amador tem uma cota limite de 10kg mais um exemplar para pesca em rios e lagos e de 15kg mais um exemplar, para águas marinhas. </CW></MC></MC><MC0>

TAMANHO

Os pescadores têm que respeitar o tamanho mínimo de captura, lista de ameaçados de extinção e os períodos do defeso;

TARRAFA VETADA

É proibido o uso de quaisquer redes e tarrafas por pescadores amadores.

VENDA PROIBIDA

Todos os peixes pescados por amadores são para consumo próprio, sendo proibida a comercialização;

PEIXE INTEIRO

É proibido ao pescador amador transportar pescado em condições que dificultem a sua inspeção, como na forma de postas, filés ou sem cabeça.

Na semana que vem, saiba quais são os equipamentos permitidos e os proibidos na pesca amadora e confira as tabelas de peixes de água salgada ameaçados de extinção e de tamanhos mínimos para captura.

DICAS DE PEIXES

Mestre Canarinho:

(99953-8100), as iscas são carapicu, camarão e lula: Quebra Mar da Barra — corvina, papa-terra, carapicu e galhudo; Cagarras — xerelete, corvina e papa-terra; Gragoatá/Boa Viagem — corvina, papa-terra e guaibira; Ilhas Pai e Mãe — corvina, papa-terra e xerelete.

Carlinhos Piraúna:

Praia de Ipanema — papa- terra (noite); Arpoador — espada e anchova (na madrugada); Praia de Copacabana — papa-terra (noite); Leme — marimbá e corvinota (madrugada); Pista Cláudio Coutinho — marimbá (dia); Urca — cocoroca<IP0>.

Gilberto Ohoishi:

(22)- 99839-6442: em Arraial do Cabo, na Praia Grande — corvina, pargo, olho-de- cão, peruá, xerelete e cavalinha; Ponta do Focinho —maria-mole e goete; Largo da Ilha do Farol — pargo, olho-de-cão, pitangola, xerelete, cavalinha e peruá; em Cabo Frio, na Praia do Foguete pargo, olho-de- cão, xerelete e pescadinha (pela manhã e no final do dia).

Últimas de Esporte