Macaé empata com o América-MG e perde chance de se aproximar do G-4

Equipe do Norte Fluminense ficou no 1 a 1 em duelo em casa

Por O Dia

Rio - Filme repetido para o Macaé. Assim como na última rodada, quando empatou com o ABC, a equipe do Norte Fluminense começou nada frente contra o América-MG, mas acabou cedendo o empate para o Coelho, em duelo disputado nesta terça-feira, no Moacyzão. Com o resultado, a equipe do Rio perdeu a chance de se aproximar do G-4 da Série B, que tem a equipe de Minas Gerais como a primeira equipe da zona de regresso à elite do futebol brasileiro.

Na próxima rodada, o Macaé recebe outra equipe do G-4, o Paysandu. O duelo acontece nesta sexta-feira, em casa, às 19h30. Já o América-MG joga no sábado contra o ABC, no Independência, às 16h30.

O JOGO

Atuando em casa, o Macaé começou a partida contra o América-MG, pressionando e com mais posse de bola. Os mineiros recuados, tinham dificuldades de marcar os donos da casa. Porém, as jogadas ofensivas puxadas por Pipico e Marquinho não davam muitos resultados.

A primeira boa oportunidade da partida foi do Coelho. Aos 20 minutos, em uma jogada de lateral cobrado pelos mineiros, a bola chegou em boas condições para Cristiano, que cabeceou, obrigando Rafael a fazer uma grande defesa para a equipe do Norte Fluminense.

Antes do fim da primeira etapa, o Macaé chegou ao seu gol. Pipico deu belo passe para Anselmo, que só escorou para o fundo das redes da equipe mineira. A vantagem da equipe do Rio de Janeiro fez com que a equipe da casa recuasse e o América ganhou mais campo, porém, insuficiente para buscar o empate antes do intervalo.

A segunda etapa começou com um grande susto para a torcida do Macaé. Com apenas um minuto, o América-MG balançou as redes, a sorte dos donos da case é que o lance foi invalidado. Após cruzamento, Felipe Amorim desviou com a mão para dentro do gol e por isso o gol foi anulado.

Aos 9 minutos, o Macaé teve uma chance incrível de ampliar. Após bela jogada de Marquinhos, Pipico perdeu de maneira inacreditável em cima da linha. Só que o América-MG seguia melhor e teve duas chances de empatar com Felipe Amorim e Marcelo Toscano.

De tanto tentar, aos 20 minutos, os visitantes buscaram o empate. Depois de cruzamento, Thiago Santos subiu mais que todo mundo e cabeceou para o fundo das redes da equipe do Macaé. A partir deste momento, o América diminuiu o seu ímpeto no jogo. O duelo ficou concentrado no meio-campo e as duas equipes não voltaram a marcar.


Últimas de Esporte