Presidente da AFA recrimina torcedores que culpam Messi por vice-campeonato

Dirigente diz que perseguição ao craque é 'injustiça absoluta'

Por O Dia

Argentina - O presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Luis Segura, recriminou nesta terça-feira os torcedores que vêm fazendo críticas a Lionel Messi após a derrota nos pênaltis na final da Copa América para o Chile, no último domingo, o que representou o terceiro vice-campeonato do atacante em três decisões pela seleção.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

"Não entendo as pessoas que questionam e contestam Messi, é uma injustiça absoluta. Espero que ele nunca se canse das críticas, seria lamentável ele não vir mais representar a seleção", disse Segura.

Messi tem sido alvo de críticas após a final da Copa AméricaEfe

"Tenho certeza de que dói para Messi quanto dói para qualquer torcedor o fato de ainda não ter conquistado um título pela Argentina", completou o dirigente.

Na opinião de Segura, as pessoas podem achar que outros jogadores são melhores que o camisa 10 da 'Albiceleste', mas é um erro dizer que o técnico Gerardo Martino deveria prescindir do craque.

"Posso aceitar que alguns comparem Messi com outro jogador, é questão de gostos, mas jamais que o contestem", afirmou.

O atacante argentino se encontra em Rosário, sua cidade natal, descansando junto a sua família e tentando digerir a derrota para os chilenos. Na segunda-feira, ele postou uma mensagem sociais agradecendo o apoio dos fãs após a derrota do último domingo no Estádio Nacional, em Santiago.

"Não há nada mais doloroso no futebol que perder uma final, mas não quero que passe mais tempo sem agradecer a todos os que nos apoiaram sempre e continuam nos bancando nos momentos difíceis", publicou Messi em seu perfil no Facebook, colocando uma foto do escudo da AFA junto ao texto.

Últimas de Esporte