Mais um ouro! Marcel Sturmer se torna o primeiro tetra do Brasil no Pan

Em Toronto, gaúcho de 29 anos empolgou a torcida para vencer a patinação artística pela quarta vez seguida nos Jogos Pan-Americanos. É um feito inédito para o esporte brasileiro

Por O Dia

Canadá - Você conhece Marcel Sturmer? Talvez já tenha ouvido falar, mas dificilmente o reconheceria na rua. Pois ele é bem mais do que um rosto na multidão. Ícone de uma modalidade não-olímpica, ele tem seu grande momento a cada quatro anos e foi recompensado com um feito histórico. Na noite deste domingo, no Exhibition Centre, em Toronto, o gaúcho de 29 anos se tornou o primeiro brasileiro a ganhar quatro medalhas de ouro consecutivas nos Jogos Pan-Americanos em provas individuais.

Marcel Sturmer brilha em Toronto e faz história nos Jogos Pan-AmericanosDivulgação COB

Os canadenses, maioria nas arquibancadas, se não conheciam, passaram a conhecer e gostaram do que viram. Sturmer foi aplaudido de pé ao fim de sua apresentação no programa longo - apresentação de 4min10s e que vale 75% da nota final. Com os 133,4 pontos obtidos no sábado, no programa curto, acumulou 536.

Sturmer costuma se inspirar na cultura pop para elaborar suas apresentações. O segundo ouro no Pan, no Rio de Janeiro-2007, veio embalado pelo samba. Em 2013, venceu os Jogos Mundiais de Cali com uma coreografia baseada na animação "Rio". No programa curto (tem 2min15s para se apresentar e vale 25% da nota final) em Toronto, no sábado, ele levou para a pista de patinação a aventura juvenil "Jogos Vorazes" e saiu ovacionado pelo público. Neste domingo, no programa longo, ele competiu ao som da banda inglesa The Beatles.

O tetra de Sturmer pode ser igualado ainda em Toronto por dois velejadores: Ricardo Winicki e Robert Scheidt, ambos da vela.

Reportagem de Thiago Rocha

Últimas de Esporte