Medina, Toledo e Mineirinho avançam na repescagem e seguem vivos em J-Bay

Brasileiros se classificam para a terceira fase na etapa do Circuito Mundial de Surfe na África do Sul; Alejo e Wiggolly também seguem. Jadson, Italo, Pupo e Tomas se despedem

Por O Dia

África do Sul - A Tempestade Brasileira segue viva no Circuito Mundial de Surfe. O trio composto por Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza, que haviam caído na primeira fase em Jeffreys Bay, se superaram nesta segunda-feira e se classificaram para a terceira fase da competição. 

Adriano de Souza%2C atual líder do ranking mundial do WSL%2C foi um dos brasileiros que seguiram vivos no Circuito de Surfe em J-BayDivulgação / WSL

Líder e vice-líder do ranking mundial, Filipinho e Mineirinho garantiram sua vaga ao derrotarem os surfistas locais de J-Bay Slade Prestwich e Michael February. O campeão mundial Gabriel Medina, despachou seu carrasco em Gold Coast, Glenn Hall. No único duelo brasileiro, quem levou a melhor foi Wiggolly Dantas, que derrotou Miguel Pupo. Jadson André e Tomas Hermes também foram mais cedo para casa. Já Alejo Muniz mandou Taj Burrow embora e encara o compatriota Toledo na próxima etapa.

Resultados das baterias da repescagem (2º fase):


1: Adriano de Souza (BRA) 14,33 x 13,04 Slade Prestwich (AFS)
2: Filipe Toledo (BRA) 12,00 x 8,00 Michael February (AFS)
3: Owen Wright (AUS) 16,17 x 13,77 Tomas Hermes (BRA)
4: Taj Burrow (AUS) 15,83 x 18,13 Alejo Muniz (BRA)
5: Nat Young (EUA) 17,10 x 12,10 Brett Simpson (EUA)
6: Italo Ferreira (BRA) 15,96 x 15,16 Dusty Payne (HAV)
7: Gabriel Medina (BRA) 16,00 x 10,44 Glenn Hall (IRL)
8: Joel Parkinson (AUS) 18,84 x 18,13 Ricardo Christie (NZL)
9: Jordy Smith (AFS) 8,03 x 14,90 Adam Melling (AUS)
10: Jadson André (BRA) 17,07 x 18,10 Kai Otton (AUS)
11: Wiggolly Dantas (BRA) 17,77 x 15,23 Miguel Pupo (BRA)
12: Matt Wilkinson (AUS) 14,80 x 13,93 Sebastian Zietz (HAV)


Últimas de Esporte