Qual Flamengo espera por Guerrero?

Rubro-Negro vive momento de muita instabilidade

Por O Dia

Rio - Semana passada, a boa vitória sobre o Inter criou expectativas talvez exageradas — afinal, uma estreia (de Guerrero) pode ser sempre enganadora e o adversário estava em noite lamentável. Mas pelo que jogou individualmente e pelo que se sabe do grande artilheiro, o Flamengo ganhou um reforço considerável. Resta saber se o Fla terá condições de transformá-lo em ídolo. E, ao mesmo tempo, ele fazer do Fla um time vencedor, com boa qualidade técnica. Essas dúvidas só aumentaram depois da demonstração de ineficiência e apatia contra o Corinthians. Se alguns jogadores mostrarem o futebol de que são capazes, se Cristóvão insistir em desculpas, Guerrero pouco resolverá. O time continua mal, o jovem goleiro é inseguro e a falta de criatividade na armação é o problema mais grave.

Guerrero tem missão complicada no FlamengoEdu Andrade / Estadão Conteúdo

NOVOS TEMPOS

Enquanto o Fla está envolto em neblina, o Flu decola nessa roda viva do futebol. Fred atinge seu melhor momento desde a Copa, alguns garotos, como Gustavo Scarpa, se impõem e compensam recentes perdas, e é justo esperar que Ronaldinho Gaúcho entre no time sem pressões, só para desequilibrar nas bolas paradas e lançamentos. Os salários em dia estão ajudando muito.

GRUPO DA REAÇÃO

Com o turno perto do fim, os times que se reciclaram e empreendem boa reação que dão pinta de sérios pretendentes ao título. Ponte Preta, Atlético-PR e Chapecoense já perderam o gás e o Brasileiro se concentra em Galo, Flu, Grêmio e Timão, com Palmeiras e São Paulo correndo por fora. Entre os técnicos, destaque para Marcelo, Enderson e Roger.

COM E A RESPEITO

Depois da conquista do Carioca e da vitória sobre o Flamengo, Eurico abriu várias garrafas de champanhe, fumou dúzias de charutos, prometeu craques, garantiu Ronaldinho e ficou repetindo que o respeito voltou. Depois se considerou o maior reforço para o time. Quanto disparate! O Vasco jamais perdeu o respeito e nada afeta a sua grandeza. Só não precisa ser gerido dessa forma.

SEM ENTUSIASMO

Se a torcida do Botafogo até há pouco mantinha o entusiasmo, apesar da perda do Carioca, agora tudo mudou. Há desconfiança e pessimismo no ar. A diretoria faz promoção e quer casa cheia na Copa do Brasil, mas é difícil. Mesmo com vantagem do empate, o Botafogo é imprevisível. Continuar na Copa do Brasil pra quê? A turma de cima é superior.

Últimas de Esporte