Por victor.abreu

Canadá - O cansaço atinge até mesmo os grandes campeões. Thiago Pereira, que persegue o recorde de maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos, abriu mão de nadar uma prova para o qual estava inscrito: os 100m borboleta. Com duas provas a nadar nesta quinta-feira, o nadador privilegiou os 400m medley - prova na qual foi medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres 2012 - devido ao desgaste acumulado.

Fotos: Repórteres ousadas agitam o entorno da vila dos atletas do Pan-2015

Mas mesmo com a desistência o recorde ainda é muito possível. Pereira soma 21 medalhas em Pans, uma a menos que o ex-ginasta cubano Erick Lopez. O brasileiro tem três chances para conquistar as duas medalhas que precisa: além dos 400m medley, vai nadar os 200m medley e o revezamento 4x100m medley.

Nesta edição dos Jogos, o nadador brasileiro já conquistou três medalhas, sendo dois ouros (4x100m livre e 4x200m livre) e um bronze (200m costa).

Atrás de recorde no Pan%2C Thiago Pereira só precisa de mais duas medalhasUSA Today Sports


Você pode gostar