Por edsel.britto

Toronto - A sequência de seis medalhas consecutivas do Brasil nos últimos 28 anos no hipismo no Pan foi quebrada nesta quinta-feira, após o time formado por Eduardo Menezes, Pedro Veniss, Felipe Amaral e Marlon Zanotelli terminar a disputa por em equipes em quarto lugar, com dez pontos perdidos.  Campeão olímpico em 2004, Rodrigo Pessoa estava como reserva da seleção, não entrou em ação no Pan e apenas auxiliou o restante do time. A medalha de ouro foi conquistada pelo Canadá, a prata para Argentina e o bronze para os Estados Unidos.

Pedro Veniss não conseguiu garantir uma medalha para o Brasil no hipismo por equipeWashington Alves/Exemplus/COB

"Uma decepção, a gente normalmente tem uma equipe boa suficiente para brigar por medalha. A gente bobeou um pouco de manhã, dois pontos custaram muito caro. Não sei se a gente entrou relaxado pois já estamos classificados para as Olimpíadas. Mas é assim, em um dia tudo pode acontecer. Faltou fome, faltou fome de pódio, montamos tranquilos demais", disse Rodrigo Pessoa.

A equipe de hipismo de saltos do Brasil foi campeã em 1991/95/99/2007, além da prata em 2011 e o bronze em 2003. Os brasileiros voltam a entrar em ação no sábado, na final individual.

Você pode gostar