Porto rejeitou 30 milhões de euros pelo lateral Alex Sandro, revela presidente

Valor oferecido pelo Altético de Madrid não atingiu os 50 milhões de euros, quantia estabelecida na multa rescisória

Por O Dia

Portugal - O presidente do Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, revelou ter rejeitado uma proposta de 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 111,8 milhões) do Atlético de Madrid pelo lateral-esquerdo Alex Sandro, em entrevista publicada nesta terça-feira.

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

Alex Sandro está em alta e pode deixar o PortoEfe

O dirigente explicou ao jornal português "O Jogo", que a multa rescisória do atleta brasileiro é de 50 milhões de euros (R$ 186,3 milhões), por isso não liberou o atleta. Além disso, revelou que o clube espanhol não aceitou incluir o jovem meia Óliver Torres em negociação anterior.

"Eu deixo qualquer um ir para Madri, se todos os de Madri que querem vir ao Porto, também possam vir. Óliver queria vir, fala com o técnico (Julen Lopetegui), mas não permitiram", lamentou Pinto da Costa.

Óliver foi cedido ao Porto na temporada passada e, segundo o presidente do clube, foi oferecido pelo Atlético para fazer parte da transferência do colombiano Jackson Martínez. O que impediu o acerto foi pedido pessoal do técnico 'colchonero', Diego Simeone, pela permanência do meia espanhol.


Últimas de Esporte