Por renata.amaral

Espanha - As buscas pela mergulhadora russa Natalia Molchanova foram encerradas nesta quarta-feira. A russa desapareceu no domingo, quando mergulhava na ilha de Formentera, no sul da Espanha. Até o momento não se sabe o que aconteceu de fato com a atleta de 53 anos.

"Ela era uma estrela da apneia e ninguém se atrevia a pensar que poderia sofrer algo, mas ela estava no mar, e quando brincamos com o mar já sabemos quem tem mais força", disse Kimmo Lahtinen, presidente da Associação Internacional de Desenvolvimento da Apneia, ao 'New York Times.'

Natalia Molchanova sumiu enquanto mergulhava na EspanhaEfe

Molchanova era considerada a melhor do mundo em sua categoria de mergulho: o mergulho livre ou de apneia, em que os atletas entram no mar sem cilindros de oxigênio. A russa conquistou 41 recordes mundiais, foi campeã do mundo 23 vezes e conseguia se manter sem respirar por mais de dez minutos.

No esporte, os competidores podem mergulhar utilizando ou não pés-de-pato (podendo ser os dois ou apenas um) e o chamado modo livre, em que o principal objetivo é alcançar maior profundidade. Para isso, os atletas utilizam pesos, que ajudam a descer mais rápido, mas dificultam sua subida. No mergulho em que desapareceu, Natalia Molchanova carregava diversos pesos.

Apesar de ter sido acompanhada por diversos atletas em seu último mergulho, não se sabe se eles estavam apoiando a sua entrada no mar, ou faziam exercícios separados. A falta de uma companhia pode ter sido crucial para a situação de Molchanova.

Você pode gostar