No calendário de 2016, CBF 'vende' gato por lebre para os clubes

Entidade diz que Brasileiro para nas partidas da Seleção, o que não é verdade

Por O Dia

Rio - Propaganda é a alma do negócio, mas a CBF abusou e passou do tom. Ao divulgar o calendário do futebol brasileiro em 2016, a entidade exaltou que iria cumprir um pedido dos clubes e dos torcedores: “Quando a Seleção estiver em campo, o Brasileirão vai parar”. Só que a realidade não é nada do que foi prometido.

Realmente não haverá jogos nacionais em dia de partida da Seleção. Entretanto, Brasileiro, Estaduais e Copa do Brasil terão jogos no dia seguinte. Isso acontecerá cinco vezes no ano. Ou seja, os clubes continuarão perdendo jogadores nas datas Fifa, a principal reclamação.

Jogos até na Olimpíada

Apesar da propaganda feita pela CBF, durante a Copa América do Centenário, em 2016, haverá seis rodadas do Brasileirão. Nem mesmo na Olimpíada do Rio - que usará os principais estádios brasileiros - a competição nacional vai parar: terá cinco rodadas (e mais uma data de oitavas de final da Copa do Brasil).

Como os Estaduais seguem com as 19 datas de 2015, a pré-temporada começará dois dias antes, em 5 de janeiro. O primeiro jogo oficial está programado para 31 de janeiro. O Brasileiro de 2016 terminará em 4 de dezembro e, se algum clube do país for à final da Copa Sul-Americana, jogará até o dia 7.

Últimas de Esporte