Por renata.amaral

Estados Unidos - O tenista Novak Djokovic, número 1 do mundo, que venceu o brasileiro João Souza, o Feijão, por um triplo 6-1 em sua estreia no US Open nesta segunda-feira, não ocultou sua intenção de chegar à final e consagrar-se campeão: "Quero o mesmo que todos os outros: o troféu".

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

"A pressão faz parte do que faço. Quero dizer que sempre está presente. Você sabe que as pessoas esperam muito, mas só jogo para mim mesmo, para minha família e para meu país, portanto me concentro nisso", garantiu Djoko minutos após atropelar "Feijão".

"Este tipo de vitória na qual você domina a partida te dão confiança e te fazem acreditar em você mesmo. Mas também são uma declaração de princípios para todos os que estão vendo o jogo. Todos vemos os jogos dos demais e todos vemos como os demais progridem", ponderou.

Djokovic comemorou vitória sobre FeijãoReuters


Você pode gostar