Com atuação muito abaixo, Brasil perde para o Panamá e cai na Copa América

Seleção faz uma exibição desastrosa diante da inexpressiva equipe da América Central e repete campanha de 2013

Por O Dia

México - Atual campeã Pan-Americana em Toronto, a seleção brasileira nem de longe lembrou a equipe vitoriosa no Canadá e nesta sexta-feira acabou sendo derrotada pelo inexpressivo Panamá por 89 a 72, dando adeus de forma vexatória a mais uma Copa América. Em mais uma atuação decepcionante, o time de Rubén Magnano repetiu o roteiro de dois anos atrás na Venezuela e onde também foi eliminada na primeira fase do torneio.

Com três derrotas em quatro partidas, o Brasil praticamente repete o desempenho de Caracas 2013 - quando perdeu todos os jogos disputados na fase de classificação, inclusive para a Jamaica. E, assim, fica em último no seu grupo, atrás de Panamá, Uruguai, México e República Dominicana.

Com atuação desastrosa%2C Brasil foi derrotado pelo Panamá e deu adeus à Copa AméricaJosé Jiménez Tirado/FIBA Americas/Divulgação

"Depois de um resultado como esse, temos que criar forças e buscar recursos para melhorar. Quando sofremos um baque na vida como esse, temos que nos fortalecer. Além de nosso aproveitamento nos arremessos não ter sido bom, defensivamente fomos superados nos rebotes ofensivos e levamos muitas cestas fáceis. Isso fazia com que nós estivéssemos sempre pressionados no ataque. Ofensivamente o time não fluiu. Isso resume um pouco do que aconteceu aqui", analisou Benite, cestinha do Brasil com 21 pontos.

Entre os panamenhos, o cestinha da partida Trevor Gaskins saiu do banco de reservas para comandar as ações com 23 pontos, seis assistências e seis rebotes.

Com a vaga para os Jogos Olímpicos de 2016, a comissão técnica da seleção optou por não chamar os jogadores brasileiros que atuam na NBA para a disputa da Copa América. Outro nome importante, Alex Garcia, do Bauru, também ficou fora.

Últimas de Esporte