Por renata.amaral

Suíça - A Corte Arbitral do Esporte (CAS) confirmou nesta sexta-feira que a CBF apelou contra a decisão da Conmebol e da Fifa de suspender Neymar por quatro jogos, devido suspensão em jogo contra a Colômbia, pela Copa América, e que a resposta para o recurso será dada até o início de outubro.

De acordo com comunicado, o CAS divulgou que a confederação busca "revogar as decisões tomadas pelo Comitê Disciplinar e o Comitê de Apelação" da federação internacional.

Neymar está suspensoLeo Correa / Mowa Press

Neymar pegou quatro jogos de gancho, já tendo cumprido dois, na fase de grupos e quartas de final da Copa América, o que o deixaria fora dos encontros com Chile e Colômbia, em outubro, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

O CAS explicou que a CBF alega que a punição deveria estar limitada ao torneio em que o atacante recebeu cartão vermelho, e não se extender a outra competição.

Ainda segundo o órgão arbitral, há entendimento que a resposta precisa ser dada rapidamente, por isso, qualquer resolução será divulgada até o início de outubro.

Na quinta-feira Neymar não foi convocado por Dunga para enfrentar Chile e Venezuela, mas o coordenador da seleção, Gilmar Rinaldi, garantiu que o atleta do Barcelona ainda poderá ser relacionado para as partidas, caso assim decida o CAS.

Você pode gostar