Inglaterra cogita Guardiola para assumir a seleção após a Eurocopa de 2016

A federação inglesa já trabalha com a ideia de que o veterano Roy Hodgson não vai seguir no cargo depois da competição. E aí o nome do espanhol aparece com força, entre outras opções

Por O Dia

Inglaterra - A Federação Inglesa de Futebol (FA) está sondando oferecer o posto de técnico da seleção do país ao espanhol Josep Guardiola, afirma o jornal "The Sun" em sua edição desta sexta-feira. A FA estaria disposta a oferecer ao atual técnico do Bayern de Munique um salário próximo a 10 milhões de libras por ano (cerca de R$ 60 milhões) para comandar a equipe após o fim da Eurocopa, que será disputada no ano que vem, na França, de 10 de junho a 10 de julho.

Guardiola deve ser o alvo da Federação Inglesa para assumir o 'English Team' após a Euro 2016Reuters

Guardiola, cujo contrato com o Bayern termina no final da atual temporada, substituiria o veterano Roy Hodgson, de 68 anos, que está no comando da seleção desde maio de 2012. Em entrevista nesta sexta, o espanhol se recusou a responder uma pergunta sobre o suposto interesse. Limitou-se a dizer que é o comandante do clube alemão e que não se daria ao trabalho de responder esse tipo de questionamento, antes de encerrar a coletiva.

Segundo o jornal "The Sun", Alan Pardew, atual técnico do Crystal Palace, e Gary Neville, auxiliar de Hodgson na seleção, são os outros dois nomes avaliados pela FA para assumir a equipe. Há algumas semanas, o diretor-esportivo da FA, Martin Glenn, cogitou que o contrato de Hodgson, que termina ao fim da Eurocopa 2016, não seria renovado após o torneio. O técnico, no entanto, mostrou em repetidas ocasiões sua intenção de dirigir a Inglaterra na Copa do Mundo da Rússia de 2018.

Últimas de Esporte