Neymar tem R$ 188 milhões bloqueados pela Justiça brasileira por sonegação

Jogador é acusado pela Procuradoria da Fazenda Nacional por período em que jogava no Santos e por transferência ao Barça

Por O Dia

Brasília - Os problemas de Neymar com a justiça continuam e desta vez é no Brasil que ele deverá se resolver. O craque é acusado de dolo, fraude e simulação de operações para tentar sonegar impostos, de acordo com o jornal 'Correio Braziliense'. Devido à acusação, o jogador do Barcelona teve R$ 188,8 milhões de seus bens bloqueados pela Procuradoria da Fazenda Nacional.

A questão começa no período que Neymar ainda atuava no Santos, onde a Fazenda contesta como o craque declarava seus salários. O jogador argumentava que 90% do valor era referente a direitos de imagem e que tal quantia era depositada em uma das contas de empresas de seu pai. Desta forma, o tributo cobrado era menor, contrariando a justiça, que alega que o jogador deveria pagar os impostos normalmente.

Neymar teve seus bens bloqueados pela justiça brasileiraEfe

O segundo problema surge na sua transferência para o Barcelona. O jogador teria simulado um empréstimo para driblar a Receita. Neymar teria recebido 10 milhões de euros para dar preferência de compra para o Barça. A falta da cobrança de juros e exigências de garantias descaracterizaria o empréstimo.

Outro fator que chamou a atenção da Fazenda foi Neymar não ter nenhuma propriedade e apenas 8% de seu patrimônio em seu nome.

Neymar e seu pai vêm passando por investigações do Fisco espanhol há algum tempo, também devido à sua contratação pelo Barcelona. O próprio clube catalão, além do Santos, também estão sob suspeita na Espanha.

Últimas de Esporte