Procuradoria-Geral da Espanha pede a prisão do argentino Lionel Messi

O craque do Barcelona é acusado de fraude fiscal, assim como seu pai, Jorge Horacio

Por O Dia

Espanha - Lionel Messi terá dores de cabeça para curar. Nesta quinta-feira, a Procuradoria-Geral da Espanha pediu a prisão do atacante do Barcelona, de acordo com os principais jornais locais. O argentino é acusado de fraude fiscal junto ao seu pai, Jorge Horacio.

Os procuradores pedem que Messi fique preso por 22 meses e meio por sonegação de impostos entre 2007 e 2009. O calote está próximo de 4,1 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões).

O problema está na exploração dos direitos de imagem de Messi, segundo apurou o jornal "El País". O jogador recebe estes rendimentos em conta em paraísos fiscais.

De acordo com o relatório elaborado pelos procuradoes, o pai do jogador montou um esquema para que o dinheiro dos direitos de imagem do craque fosse direto para paraísos fiscais, evitando pagar impostos à Fazenda espanhola.

Messi pode ser preso por fraude fiscalReuters