Novak Djokovic atropela Martin Klizan e avança no Masters 1000 de Xangai

Tenista sérvio venceu por 2 sets a 0, parciais de 6-2 e 6-1

Por O Dia

China - O sérvio Novak Djokovic não tomou conhecimento do eslovaco Martin Klizan em sua estreia no Masters 1000 de Xangai, vencendo o duelo disputado nesta quarta-feira por 2 sets a 0, parciais de 6-2 e 6-1, em pouco mais de uma hora de jogo.

Depois de folgar na primeira rodada, Djokovic mostrou o mesmo vigor da semana passada, quando venceu pela sexta vez na carreira o ATP 500 de Pequim, batendo com muita facilidade na decisão o espanhol Rafael Nadal, também por 2 sets a 0, com um duplo 6-2.

Djokovic enfrentará nas oitavas de final o vencedor do confronto entre o espanhol Feliciano López e o belga Dominic Thiem, que duelam ainda hoje nas quadras de Xangai. O jogador sérvio, que terminará a temporada como número um do mundo, tem uma sequência impressionante na China: 34 vitórias e apenas uma vitória.

Novak Djokovic passou de fase em XangaiEfe

No período, Djokovic venceu em Xangai duas vezes, além de quatro títulos consecutivos em Pequim. Mais cedo, outros favoritos também confirmaram vaga nas oitavas de final do Masters 1000 de Xangai.

O britânico Andy Murray, terceiro cabeça de chave, também não teve dificuldade para bater o americano Steve Johnson por 2 sets a 0, parciais de 6-2 e 6-4.

A mesma facilidade não foi encontrada pelo suíço Stan Wawrinka, que sofreu para eliminar o sérvio Viktor Troicki também por 2 sets a 0, parciais de 7-6 (3) e 6-3, em quase 1h30min de partida.

Outros integrantes do 'top-10', porém, sofreram para avançar. O japonês Kei Nishikori, sexto favorito, após quase tomar um pneu no primeiro set, venceu de virada o australiano Nick Kyrgios por 2 sets a 1, parciais de 1-6, 6-4 e 6-4.

O tcheco Tomas Berdych também precisou de três sets para confirmar presença nas oitavas de final, ao bater o americano Jack Sock por 7-6 (3), 4-6 e 6-4.

Quem também teve dificuldade para avançar foram os franceses Gilles Simon e Richard Gasquet. Simon começou perdendo para o argentino Leonardo Mayer, mas retomou o controle do placar e fechou o jogo em 6-7, 6-4 e 6-2.

Já Gasquet bateu o canadense Vasek Pospisil também por 3 sets a 0, parciais de 6-4, 3-6 e 6-4. A grande decepção do dia foi o espanhol David Ferrer. Sétimo cabeça de chave, ele acabou derrotado pelo australiano Bernard Tomic com facilidade por 2 sets a 0, parciais de 6-4 e 6-2.

Últimas de Esporte